Eduardo Beauté Família do cabeleireiro impede desejo dos amigos e homenagem em Lisboa

Família de Beauté está irredutível a pedidos dos amigos do cabeleireiro e não querem ceder.

Eduardo Beauté Família do cabeleireiro impede desejo dos amigos e homenagem em Lisboa

Família de Beauté está irredutível a pedidos dos amigos do cabeleireiro e não querem ceder.

Eduardo Beauté foi encontrado sem vida, em casa, no sábado passado, dia 7 de setembro. Esta terça-feira, três dias depois da tragédia, foi revelada a verdadeira causa da morte do cabeleireiro e tudo indica que terá sofrido uma embolia cerebral. 

De acordo com o que o site da Nova Gente apurou junto de uma fonte próxima de Beauté, a família do ex-companheiro de Luís Borges está a impedir que o modelo, os filhos do antigo casal, e todos os amigos de Eduardo, façam uma homenagem em Lisboa. Insistem em levar o corpo para a Marinha Grande e lá fazer o velório e o funeral.

Amigos do «cabeleireiro dos famosos» revoltados

A família de Eduardo Beauté está irredutível e não quer ceder aos pedidos dos mais próximos do cabeleireiro. Amigos mostram-se revoltados e estão de «mãos e pés atados» porque não sabem se podem ou não avançar para a cremação de Beauté, um desejo do antigo marido de Luís Borges.

Uma grande amiga do cabeleireiro tem o fato para o vestir e nem isso a família quer aceitar. 

A verdadeira causa da morte de Beauté

Primeiramente os amigos puseram como hipótese o suicídio, agora descartada por completo na autópsia. Ao contrário do que tinha sido inicialmente avançado, Eduardo Beauté não tinha manchas negras no pescoço e na cara. Tinha sim o braço e a perna esquerda negros, um dos sinais de embolia. Eduardo Beauté foi encontrado morto em casa pela amiga italiana e por italianos, com quem ia abrir um salão de cabeleireiro esta semana em Lisboa.

Texto: Redação WIN – Conteúdos Digitais; Fotos: Redes Sociais

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS