Diana Chaves: «Fomos despedir-nos dela só não sabíamos é que era para sempre»

Diana Chaves esteve à conversa com Daniel Oliveira e, além de falar do casamento e da filha Pilar, recordou alguns momentos da sua infância, nomeadamente a morte da mãe.

Diana Chaves esteve à conversa com Daniel Oliveira em mais uma emissão do programa da SIC, Alta Definição. No começo do programa Diana falou do amor, do casamento e também de um tema mais forte, a morte da mãe.

LEIA MAIS: Apresentadora sobre o casamento «Mais dia menos dia vai ter de ser»

Diana Chaves perdeu a mãe quando tinha apenas 11 anos. Cristina Morais Rosado perdeu a luta contra um cancro em 1992.

A apresentadora conta que «sabia que era uma coisa muito grave» o que se estava a passar com a mãe, mas não estava a contar que acontecesse de um momento para o outro.

«Pensava que estas coisas só aconteciam aos outros», revela.

Diana conta ainda que não foi o pai, Carlos Quintela Chaves, que lhe contou sobre a morte da mãe, mas sim uma prima da mãe que estava com ela e as irmãs no dia seguinte à morte.

«Não foi o meu pai que me contou porque estava com a minha mãe no hospital. Nós depois fomos despedir-nos dela só não sabíamos é que era para sempre», confessa.

A companheira de César Peixoto revela que só soube da morte da mãe na manhã seguinte quando uma prima lhe contou o que tinha acontecido.

LEIA TAMBÉM: Apresentadora comenta atributos físicos de César Peixoto

«Só soube na manhã seguinte à morte da minha mãe. Foi uma prima da minha mãe que estava com a minha avó e me contou», revela.

Diana Chaves é namorada de César Peixoto de quem em já uma filha, Pilar, de seis anos. O casamento entre os dois é algo que é muito falado na esfera pública, mas que no entanto ainda não aconteceu.

Fotos: Impala e Reprodução Instagram

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Diana Chaves: «Fomos despedir-nos dela só não sabíamos é que era para sempre»

Diana Chaves esteve à conversa com Daniel Oliveira e, além de falar do casamento e da filha Pilar, recordou alguns momentos da sua infância, nomeadamente a morte da mãe.