O desabafo de uma mãe «exausta»

«Estou esgotada. Exausta. Sem forças. Sem vontade de fazer seja o que for. Vou separar-me. E não aguento mais as birras da minha filha. Estou farta desta vida»

O desabafo de uma mãe «exausta»

O desabafo de uma mãe «exausta»

«Estou esgotada. Exausta. Sem forças. Sem vontade de fazer seja o que for. Vou separar-me. E não aguento mais as birras da minha filha. Estou farta desta vida»

«Estou esgotada. Exausta. Sem forças. Sem vontade de fazer seja o que for. Vou separar-me. E não aguento mais as birras da minha filha. Estou farta desta vida. Nunca pensei que ser mãe me transformaria numa pessoa amarga, infeliz, frustrada e a toda a hora resmungona.

Acordo com uma birra descomunal e deito-me com outra igual ou pior. Só não a aturo durante o dia porque está na creche. Tem apenas quatro anos! E tem a mania que já é crescida, quer fazer tudo sozinha e se alguém a contraria… está tudo estragado.

Ora faz birra porque não quer aquela roupa, ora porque não quer tomar banho, comer ou dormir. No supermercado quer trazer as bonecas todas que lhe aparecem à frente, não quer sentar-se na cadeirinha do carro e quer ir brincar para o parque já de noite!

Mães: digam-me que isto passa, que é só uma fase. Por favor!»

Leia o artigo completo em CrescerContigo.pt

LEIA MAIS
Previsão do tempo para esta quinta-feira, 18 de julho
Jovem procurado pela Polícia por matar tia à facada em Sintra

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS