Declarações de Gentil Martins sobre CR7 e homossexualidade podem afastar cirurgião

A Ordem dos Médicos vai abrir um inquérito para analisar as declarações de Gentil Martins sobre a homossexualidade

Declarações de Gentil Martins sobre CR7 e homossexualidade podem afastar cirurgião

A Ordem dos Médicos vai abrir um inquérito para analisar as declarações de Gentil Martins sobre a homossexualidade

Gentil Martins foi entrevistado pelo Expresso e deu algumas declarações que estão a gerar polémica. O cirurgião comparou a homossexualidade a uma “anomalia” e esta frase já tem uma consequência. Em entrevista ao Observador, Miguel Guimarães, bastonário da Ordem dos Médicos (OM), confirmou que essas afirmações foram denunciadas por duas médicas e, vão agora ser analisadas num inquérito do Conselho de Jurisdição da OM.

De acordo com o bastonário, a análise será entre “o dever que os médicos têm de ter um comportamento público adequado à dignidade da profissão” e o direito à “liberdade de expressão a que Gentil Martins tem como cidadão”. O resultado do inquérito é imprevisível e tudo depende do que esses dois órgãos decidirem.

Porém, apenas na segunda-feira, dia 17 de julho, é que a direção da OM pode tomar uma posição sobre o assunto, dia em que as denúncias dos médicos serão oficialmente recebidas.

Note-se que o cirurgião proferiu frases como “Sou completamente contra os homossexuais, lamento imenso“ e ainda é da opinião que ser homossexual “é uma anomalia, um desvio de personalidade. Como os sadomasoquistas ou as pessoas que se mutilam.”

 

CR7 no centro da polémica

O conhecido cirurgião disse que Cristiano Ronaldo “é um estupor moral, não pode ser exemplo para ninguém”. Esta afirmação vem na sequência de o craque português ter recorrido a uma barriga de aluguer para ser pai. “Toda a criança tem direito a ter mãe. Mais: penso que uma das grandes culpadas disto é a mãe dele. Aquela senhora não lhe deu educação nenhuma”.

 

Leia a questão e a resposta na íntegra:

“Como é que vê a hipótese de um homem solteiro ter filhos recorrendo a uma barriga de aluguer, como alegadamente foi o caso de Cristiano Ronaldo?

Considero um crime grave. É degradante, uma tristeza. O Ronaldo é um excelente atleta, tem imenso mérito, mas é um estupor moral, não pode ser exemplo para ninguém. Toda a criança tem direito a ter mãe. Mais: penso que uma das grandes culpadas disto é a mãe dele. Aquela senhora não lhe deu educação nenhuma”.

Recorde-se que Ronaldo é pai de Cristiano Jr., de 7 anos, e dos gémeos Eva e Mateo, de um mês.

 

Fotos: Impala e D.R.

 

Veja ainda:

 

Impala Instagram


RELACIONADOS