Cristina Ferreira assume que nunca voltará à SIC: «Saída não foi bonita»

Cristina Ferreira tem estado debaixo de fogo há oito meses, desde que foi anunciada a sua saída da SIC para a TVI. A apresentadora defende-se agora numa longa e exclusiva entrevista.

Cristina Ferreira assume que nunca voltará à SIC: «Saída não foi bonita»

Cristina Ferreira assume que nunca voltará à SIC: «Saída não foi bonita»

Cristina Ferreira tem estado debaixo de fogo há oito meses, desde que foi anunciada a sua saída da SIC para a TVI. A apresentadora defende-se agora numa longa e exclusiva entrevista.

Cristina Ferreira chegou oficialmente à TVI a 1 de setembro de 2020, depois de uma inesperada saída da SIC. Há oito meses que Cristina Ferreira está nas “bocas do mundo” como se costuma dizer, e não é pela positiva. As críticas sucedem-se, algo que a diretora de Ficção e Entretenimento tenta desvalorizar apesar de admitir que às vezes dói.

Em entrevista à revista Maria, a também apresentadora abre o coração assume que se vê apenas a trabalhar atrás das câmaras, garante que não precisa de exposição, assume que sabe que nunca voltará à SIC e revela que se tiver que acabar com “Cristina ComVida” o fará… mas não é para já. Sem medo, como a conhecemos de sorriso fácil como nos habituou.

«Saída não foi a mais bonita»

Não vou dizer que não dói, houve alturas em que me questionei, porquê… também me poderiam elogiar de alguma forma. Acho que as pessoas se esqueceram da conquista de alguém que começou do zero em televisão e que a mesma foi feita por mérito. Estou muito mais tranquila do que aquilo que uma pessoa possa imaginar. Acho que aquilo que já conseguimos na TVI é muito mais do que algum dia podia imagina”, diz.

“Tenho muito a agradecer à SIC aqueles dois anos em que eu lá estive, por ter sido muito feliz, por ter feito a televisão que eu quis… acho que a forma como tudo foi feito na saída não foi a mais bonita, não estou a falar da minha parte, mas de tudo aquilo que se disse e se escreveu. Gostava que tivesse sido diferente. Já brinquei com o Manel (Luís Goucha) quando ele me perguntou: ‘Se eu amanhã te dissesse que ia para a SIC, o que é que tu farias?’, eu disse-lhe que ficava triste, mas ao mesmo tempo dava-lhe um abraço que gostava que me tivessem dado”.

«Estou a pagar porque sou mulher»

Na opinião de Cristina Ferreira esta campanha negativa prende-se com várias questões. “Estou a pagar porque sou mulher, porque me chamo Ferreira, lembram-se da celebre frase ‘a filha do António’ que usei na entrevista com o Manel, porque não é fácil aceitar o sucesso dos outros, não é fácil entendê-lo fruto do trabalho apenas que temos vindo a desenvolver e porque nem todas as pessoas têm capacidade de arriscar como eu fiz”, assume.

A apresentadora garante ainda que “se quisesse estar bem estava na SIC“. “Se quisesse estar a ganhar todos os dias, tranquila, feliz da vida e com um bom ordenado, tinha continuado lá. Não quis isso para mim, eu sabia o risco que era vir para uma estação que naquele momento estava a perder por sete pontos e sabia exatamente o que iria cair sobre mim se eu não conseguisse. Eu tive noção de todos os riscos quando mudei, mas eu quis mudar, com tudo aquilo que isso implicava. Só me arrependeria era se tivesse ficado e não tivesse nunca vindo aqui saber como é que seria”.

Em entrevista Manuel Luís Goucha, a apresentadora afirmou que, mesmo que vá para outro lado, fará de tudo para continuar a ganhar. Agora, Cristina esclarece esta declaração, reafirmando que a TVI será o último canal onde trabalhará.

“E ganho, mas não é na televisão. Isso é certo. É óbvio que eu não vou voltar à SIC até porque as relações não ficaram as melhores, é público (referindo-se a o processo em tribunal que enfrenta com a SIC). Mas eu sei o que quero para a minha vida e sei que não quero mudar de televisão. Eu vim com um propósito para a TVI, é esse propósito que quero cumprir. Quando o cumprir, logo decido se quero continuar cá muitos anos ou se quero fazer outra coisa na vida”, explica.

Texto: Ana Lúcia Sousa; Fotos: Reprodução Instagram

LEIA AINDA
cândida batista
Concorrente de “Hell’s Kitchen” vende fotografias ousadas na internet
Cândida Batista, uma das concorrentes mais polémicas de “Hell’s Kitchen”, da SIC, tem um negócio em Viena ligado ao mundo da restauração, contudo a brasileira dedica-se também à venda de fotografias mais atrevidas a troco de avultadas somas de dinheiro. (… continue a ler aqui)

Impala Instagram


RELACIONADOS