Cristina Ferreira esclarece estado atual de amizade com Goucha

A relação entre Cristina Ferreira e Manuel Luís Goucha ficou beliscada logo a partir do momento em que a apresentadora se despediu da TVI. Ainda assim, isso nunca foi mostrado para o público, até agora.

Cristina Ferreira esclarece estado atual de amizade com Goucha

A relação entre Cristina Ferreira e Manuel Luís Goucha ficou beliscada logo a partir do momento em que a apresentadora se despediu da TVI. Ainda assim, isso nunca foi mostrado para o público, até agora.

Foi durante o evento de apresentação da marca de vinhos e de azeite de Dolores Aveiro que Cristina Ferreira quebrou o silêncio e revelou que já falou com Manuel Luís Goucha desde que se estreou na SIC, a 7 de janeiro. «Já falámos várias vezes. Somos amigos. O que dissemos um ao outro não interessa, é entre nós. Já disse e vou continuar a dizer, não posso apagar da minha vida um homem que  durante 14 anos me deu tanto amor», afirma ao nosso site.

A 13 de Janeiro ainda não tinham falado

Saiu da TVI no verão passado, gozou férias e estreou-se nas manhãs da SIC a 7 de janeiro passado. Cinco programas depois, O Programa da Cristina venceu todos os confrontos com o Você na TV. A apresentadora admite estar feliz… e também que ainda não trocou palavras com o antigo companheiro desde que se tornaram rivais televisivos.

«Não ainda não. [risos]», respondeu em entrevista ao jornal Público. E tenciona ligar-lhe durante este fim de semana? «Não sei. Porque eu estou na posição mais difícil: sou eu que estou a ganhar que vou ligar? Sempre disse que o que perder vai ficar triste nesta fase. É inevitável. Nós os dois estávamos habituados a ganhar juntos. Portanto, se eu perder, vou ficar tristíssima, como eu sei que o Manel só pode estar. Nenhum de nós quer perder», explica a estrela de Carnaxide. «Eu sei que há tristeza do outro lado mas não tenho de ser eu a dizer [faz o gesto do telefone com os dedos junto ao ouvido e uma careta tristonha] ‘Atão, tás triste?’ Não é? Não sou eu que vou dizer isso…»

«Preparadíssima para isto ser uma batalha dura»

Continue a ler aqui

LEIA MAIS 

Casal de idosos suicida-se para não ser um fardo para a família

Homem que matou filha e sogra no Seixal premeditou homicídios

Leonor Cipriano: «Vou à procura da minha filha, hei-de encontrá-la»

Joana tinha 8 anos quando foi morta pela mãe e tio. O corpo foi dado a comer aos porcos

Previsão do tempo para sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

Impala Instagram


RELACIONADOS