Cristiano Ronaldo: «Disse-me que não, mas agarrou-me no pénis»

O jornal alemão Der Spiegel afirma ter tido acesso a um documento no qual Cristiano Ronaldo admite ter abusado sexualmente de Kathryn Mayorga.

O caso remonta a 2009, veio a público este ano e parece estar longe de encontrar um fim. O jornal alemão Der Spiegel voltou à carga e noticiou ter tido acesso a um documento com declarações de Cristiano Ronaldo que estão a ser vistas como uma «confissão» de alegado abuso sexual.

Estas frases supostamente proferidas pelo avançado da Juventus terão sido posteriormente alteradas pelos seus advogados.

 

A saber: em setembro de há nove anos, os representantes do craque luso pediram-lhe que descrevesse a noite que passou, num quarto de hotel em Las Vegas, nos Estados Unidos, com a norte-americana Kathryn Mayorga. É o documento que contem as suas alegadas respostas originais que o Der Spiegel publica agora.

LEIA MAIS: Divulgado contrato secreto do alegado acordo entre o Ronaldo e Kathryn Mayorga

«Ela disse que não queria [fazer sexo], mas mostrou-se disponível. Eu f**i-a de lado. (…) Ela estava deitada na cama e eu penetrei-a por trás», afirmou, de acordo com a publicação germânica, CR7 em 2009. O madeirense terá ainda afirmado que foi «bruto». «Ela (…) masturbou-me. Não me lembro exatamente do que disse quando me estava a masturbar. Mas continuou a dizer não. ‘Não faças isso. Não sou como as outras’. No final, pedi-lhe desculpa», refere o mesmo documento.

Já em dezembro do mesmo ano, os advogados do jogador refizeram esta sua afirmação, entregue da seguinte forma aos representantes de Mayorga: «Ela estava deitada na cama. Penetrei-a por trás. (…) Foi rude. Ela não se queixou, não gritou, não pediu ajuda ou qualquer coisa do género».

O Der Spiegel conta mais. No primeiro inquérito, Ronaldo terá contado que a norte-americana lhe disse que não era «apropriado» terem sexo por terem acabado de se conhecer. «Disse-me que não, mas agarrou-me no pénis», sublinhou. Na versão datada de dezembro, lê-se apenas: «Ela agarrou-me o pénis».

Texto: Ana Filipe Silveira; Fotos: Instagram e Arquivo Impala

 

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Cristiano Ronaldo: «Disse-me que não, mas agarrou-me no pénis»

O jornal alemão Der Spiegel afirma ter tido acesso a um documento no qual Cristiano Ronaldo admite ter abusado sexualmente de Kathryn Mayorga.