A dor de perder um filho: Cláudio Ramos vive “dos momentos mais duros” da vida

Cláudio Ramos desabou em lágrimas no “Dois às 10” com os pesados testemunhos das mães que viram os seus filhos desistir da vida. O apresentador fez uma reflexão sobre o tema nas redes sociais e confessou ter sido um muito “duro” em televisão.

A dor de perder um filho: Cláudio Ramos vive “dos momentos mais duros” da vida

Cláudio Ramos desabou em lágrimas no “Dois às 10” com os pesados testemunhos das mães que viram os seus filhos desistir da vida. O apresentador fez uma reflexão sobre o tema nas redes sociais e confessou ter sido um muito “duro” em televisão.

Cláudio Ramos e Maria Botelho Moniz receberam no Dois às 10 um grupo de mães cujos filhos desistiram de viver. Perante os duros testemunhos, os dois apresentadores desabaram em lágrimas em direto. O apresentador da TVI fez ainda uma reflexão sobre a dor de perder um filho, logo após o programa desta quarta-feira, 26 de maio, e confessou que ouvir as histórias de vida das quatro mães culminou num dos momentos mais difíceis que já passou em televisão.

“Não há como atenuar a dor de uma mãe que perde um filho”
[Cláudio Ramos]

“Foi seguramente dos momentos mais duros que vivi em televisão. Não há como atenuar a dor de uma mãe que perde um filho, mais ainda se é esse filho que desiste de tudo. Se é Ele que decide morrer. Não teremos palavras para agradecer a estas mães que, hoje de manhã [26 de maio], falaram connosco e entre elas sobre os seus filhos e a decisão de partirem. Falámos sobre os sonhos que tinham, sobre a culpa, a impotência, a fé, a revolta, a zanga, a compreensão”, começou por escrever.

“Falámos da dor mais funda com os olhos húmidos e a voz a sair devagarinho, muitas vezes interrompida pela emoção que se sobrepunha ao resto. É impossível ficar indiferente a estas mães que têm de seguir a vida delas e acompanhar outros filhos com a terrível dor de saberem que um deles decidiu partir e que Elas não conseguiram fazer nada, sendo que fizeram tudo”, lê-se ainda.

Tanto Cláudio Ramos como Maria Botelho Moniz não aguentaram a emoção e alertaram para a importância de falar sobre os que já partiram, bem como, aprender a reconhecer nos outros os sinais de forma a evitar o suicídio.

“Precisamos de falar deles, porque é uma maneira de os manter ao nosso lado”

“Tivemos à nossa frente a clara imagem da dor e da coragem. A dor de viverem este terrível luto e a coragem de seguirem em frente, apesar de destruídas. Hoje, juntámo-nos todos para lhes dar voz, porque como as quatro disseram ‘precisamos de falar deles, porque é uma maneira de os manter ao nosso lado!”, finalizou Cláudio Ramos.

Maria Botelho Moniz já perdeu duas pessoas importantes na sua vida. Em 2018, viu o pai partir repentinamente. O antigo namorado, Salvador Quintela, de quem estava noiva, morreu num trágico acidente de mota, em 2014.

 

Texto: Carolina Sousa;
Fotos: Reprodução TVI e redes sociais

Impala Instagram


RELACIONADOS