Cláudio Ramos: «Se soubessem o que nós fazemos na cama…»

Cláudio Ramos quebrou todas as barreiras e falou sobre tudo com Cristina Ferreira. E quando dizemos tudo, é mesmo TUDO.

Cláudio Ramos: «Se soubessem o que nós fazemos na cama…»

Cláudio Ramos quebrou todas as barreiras e falou sobre tudo com Cristina Ferreira. E quando dizemos tudo, é mesmo TUDO.

Cláudio Ramos foi outro dos entrevistados de Cristina Ferreira na edição de despedida da TVI. À ex-funcionária de Queluz de Baixo, Cláudio Ramos falou sobre a personagem que criou sob forma de defesa, sobre a infância, sobre os pais, a mulher e sobre o grande amor da sua vida.

LEIA MAIS: Cláudio Ramos arrasa Vanessa Martins e Marco Costa: «Estão a cuspir no prato que lhes de comer»

Questionado sobre a amor que sentiu por Susana, mãe da sua filha Leonor, o apresentador da SIC revelou que sempre amou Susana, embora tenha sido um amor «diferente» daquele que sentiu pelo homem por quem se apaixonou de seguida.

Cláudio tinha o sonho de construir uma família, de ser pai, e viu em Susana a possibilidade de ver isso acontecer, mas na verdade sempre soube que «não era igual às outras pessoas».

«Percebi sempre que não era igual às outras pessoas. Não gostava de futebol, das conversas dos rapazes…», começa por dizer. Mesmo em criança, Cláudio conta que não se identificava com as roupas que vestia e que o pai o tratava por «maricas».

Já a sua relação com a mãe, no que dizia respeito à sua orientação sexual, Cláudio refere que nunca falou sobre a sua orientação sexual «porque as mães sabem».

«Eu nunca falei com a minha mãe sobre a minha orientação sexual. Porque as mães sabem. A minha mãe sabia desde sempre», afirma.

No que toca à relação com Susana, Cláudio conta que sempre gostou da mãe da filha e do que ambos faziam juntos.

«Lembro-me de brincar com a Suana e de dizer, quando começaram as primeiras críticas a dizer que eu era homossexual, dizia-lhe: ‘Se as pessoas soubessem o que nós fazemos na cama, as pessoas não escreviam estas coisas’», revela Cláudio.

«Acho que a maior deceção da Susana foi quando eu lhe contei»

Susana acabou por ser a última pessoa a saber a verdadeira orientação sexual de Cláudio Ramos. Em confidência a Cristina Ferreira, o cronista social conta que Susana teve a maior deceção da sua vida quando lhe contou.

«Acho que a maior deceção da Susana foi quando eu lhe contei. Disse: ‘Ó meu Deus, afinal, as outras pessoas tinham razão e eu nunca percebi’».

Ainda assim, Cláudio confessa que sempre gostou dela e dos momentos felizes que lhe proporcionou.

LEIA MAIS: Cristina Ferreira entrevista Cláudio Ramos: «As pessoas não têm noção do que é o trabalho»

Fotos: Impala e Reprodução Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS