Catarina Camacho sobre depressão: “Olho para o horizonte à procura de respostas”

Catarina Camacho voltou a falar sobre a sua luta contra a depressão. A ex-apresentadora da RTP1 fez agora um novo desabafo sobre o assunto: “Dizem que tenho um ar sereno.”

Catarina Camacho sobre depressão: “Olho para o horizonte à procura de respostas”

Catarina Camacho voltou a falar sobre a sua luta contra a depressão. A ex-apresentadora da RTP1 fez agora um novo desabafo sobre o assunto: “Dizem que tenho um ar sereno.”

Catarina Camacho já falou, mais do que uma vez, sobre a sua luta contra a depressão. Esta sexta-feira, 22 de julho, a ex-apresentadora da RTP fez um novo relato sobre o seu estado de espírito.

Catarina Camacho escreveu um longo texto na legenda de uma sequência de fotografias, nas quais surge na praia, na sua página pessoal de Instagram.

“Olho para o horizonte à procura de respostas. Ou então não. Não sei de onde terá saído esta frase mas descarto-a porque me soa a pechisbeque. E pechisbeque também me soa a presunção. E se há coisa que me tira do sério é gente armada ao pingarelho. Olha outra, tirada da cartola. ‘Pingarelho?’ Devo ter andado a sonhar com os anos 80… Acho que adormecer na praia me dá a volta ao léxico. Continuando. Estava frio, vesti o casaco do meu filho e obriguei-me a ficar quieta a olhar para o mar. Não é assim que a pessoa se torna mais sábia? Tentei. Juro que sim. Mindfulness”, lê-se.

De seguida, Catarina Camacho fala da inquietação que a invade. “Dizem que tenho um ar sereno. Talvez, mas não sendo simulado esconde a minha constante inquietação, ansiedade, impaciência, agitação e agora até um bocado de mau humor, culpa das hormonas provavelmente. Mas indiferente a tudo isto meu está o mar. Sossegado, silencioso, embala os peixes de tão sereno. É Imenso e fascinante. O mar. O Sr . Mar que embrulha o mundo e nos toca a todos.”

Leia aqui o texto na íntegra:

 

“Fiquei pele e osso. Estava a desaparecer”: A luta de Catarina Camacho contra depressão

Em janeiro passado, Catarina Camacho falou abertamente sobre a uma batalha que trava: a luta contra a depressão. Por consequência, ficou mais magra, perdeu peso e chegou mesmo a pesar apenas 40 quilos.

“Sem entrar em grandes explicações sobre a razão… Quero focar a questão na solução. Há um ano cheguei a pesar, na minha pior fase… 40 quilos. Se era o que gostava de ver ao espelho? Não. O meu corpo começou a transformar-se. Fiquei ‘pele e osso’. Estava a desaparecer. Por fora, era visível. Por dentro, só eu sei.”, escreveu na altura Catarina Camacho, em jeito de desabafo, nas redes sociais.

Veja mais aqui.

Texto: Joana Dantas Rebelo; Fotos: redes sociais

 

Impala Instagram


RELACIONADOS