Casados À Primeira Vista | Hugo: «Estou farto de dormir na minha carrinha e no meu restaurante»

Casados à Primeira Vista teve uma emissão especial este sábado, dia 24 de novembro, e Ana e Hugo protagonizaram uma discussão violenta

No episódio especial de Casados à Primeira Vista deste sábado, dia 24 de novembro, Ana e Hugo atingiram o limite. O casal tentou, uma vez mais, manter a distância mas a instrutora de fitness saiu de casa e o condutor de semirreboques não gostou da situação.

LEIA MAIS: Casados à Primeira Vista: «A Daniela está a ser uma grande desilusão»

«Depois destas semanas, achámos por bem…», começa por dizer Ana. «Não é achámos por bem, é uma necessidade tua», responde logo Hugo. «Ultimamente nós temos estado separados. Tu tens dormido fora», acusa Ana.

Ao que o marido responde: «Estou farto de dormir na minha carrinha e na parte detrás do meu restaurante. Achas que é correto para tu teres o teu espaço?».

«Queres resolver a relação ou não? Nós estamos a tentar começar do zero. Ou vamos aceitar isto de uma vez por todas ou não», tenta concluir a mulher. «Como dormi esta noite na cama, eu durmo no sofá», finda Hugo. E assim foi.

«Ele está um bocadinho desequilibrado»

O fim de semana passou e Ana, que tinha ido embora para um evento de zumba, voltou a casa.

«Tive à tua procura, desde sexta-feira. A Ana chegou como se nada fosse, estou aqui desde sexta-feira sozinho», diz o condutor de semirreboques.

«Se calhar tens de ouvir um bocadinho melhor as coisas que as pessoas te dizem», aconselha Ana, referindo ao que o especialista os tinha aconselhado a fazer: dar espaço. «Acho que ele está um bocadinho desequilibrado», diz a instrutora para a câmara.

«Estou aqui na boa contigo, não estou aqui para desatinar», começa por dizer na discussão. Os ânimos acabaram por se exaltarem.

«Tu estás aqui a falar bem hoje e esqueceste-te de dizer alguma coisa há três dias quando saíste daqui. No próprio dia, quando eu voltei ao apartamento tu tinhas ido embora sem uma palavra», diz o noivo.

«Agora vais-me ouvir e vais-te calar. Vais ouvir sim senhor. Para já dá-me espaço. Em princípio lugar, você amuou. És mal educado com toda a gente. Cresce e aparece. Queres que te faça uma vénia?», responde a noiva.

Enquanto Ana ficou sentada no sofá, Hugo levantou-se a disse: «Não, queria que tu fosses educada comigo. Tu és livre, és maior, és vacinada. Eu gostava de uma consideração».

«Espera aí, as filmagens depois vão dizer o que é não é?», ironiza a instrutora. «Por favor, deixa-me em paz», pede-lhe o marido. «Deixo-te em paz não, esta também é a minha casa», afirma.

«Desculpa? Tu abandonaste esta casa na sexta-feira, nem a cozinha limpaste. Em todos os fins de semana em que foste embora, chegaste e a casa estava limpa e cheirosa», diz Hugo em frente à mulher.

«Se sou assim tão m*****, o que é que ela ainda faz aqui?»

Para as câmaras, sem estar ao pé da mulher, Hugo questiona: «Se eu sou assim tão mau, tão m*****, tão tudo, o que é que ela ainda faz aqui?», disse Hugo para as câmaras.»

O condutor de semirreboques acabou por decidir sair após a seguinte troca de palavras. «Importaste-te de sair, por favor? Eu só quero sair uma coisa, queres sair tu ou saio eu», disse Hugo. «Não vou sair, eu estou na minha casa», afirma Ana em tom elevado. «Então ficas tu na tua casa e eu vou para a minha», finda.

Novamente para a câmaras, o noivo diz: «Chamou-me m*****, não vales nada, és um inútil. Essas foram as palavras mais leves que eu ouvi».

«Tu não precisas de mim para nada e eu também não preciso de ti para nada. Eu vou tratar de mim, mas é longe de ti. Se não, não há tratamento que resista», foram as últimas palavras antes de bater com a porta e sair.

Mais tarde, Hugo voltou a casa para pedir o papel com a personalidade que o psicólogo lhes tinha entregue e decidiu ir ao jantar.

«Quando ouvi para a próxima semana, vai ouvir terapias, eu vou ter de aguentar e esperar», explicou.

Depois de muita insistência para que Ana, que se estava a arranjar lhe dar o papel, Hugo levou o aviso: «Aprende a esperar». Não aprendeu e como Ana não lhe deu o papel, acabou por abandonar o apartamento.

Dave só fala de surf

Eliana e Dave estão mais calmos, a tentarem ter assunto de conversa. Na Foz do Arelho, o casal foi passear até ao miradouro da Foz do Arelho e o instrutor de surf explicou como é a acontece a ondulação.

De regresso a Lisboa, receberam um exercício da especialista e começaram a partilhar coisas de que gostam um com o outro. Para as câmaras, Eliana queixou-se de que Dave «só fala do surf e do desporto».

VEJA AINDA: Casados à Primeira Vista: «O Hugo precisa de ajuda médica!»

Texto: Redação WIN – Conteúdos Digitais; Fotos: Xposed/ Shine Ibéria

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Casados À Primeira Vista | Hugo: «Estou farto de dormir na minha carrinha e no meu restaurante»

Casados à Primeira Vista teve uma emissão especial este sábado, dia 24 de novembro, e Ana e Hugo protagonizaram uma discussão violenta