Bruno de Carvalho tem nova derrota, agora em Tribunal

O ex-presidente leonino, Bruno de Carvalho, pediu custódia partilhada da filha Diana. Mas o pedido foi recusado pelo tribunal.

Bruno de Carvalho atravessa um dos piores momentos da sua vida. Tanto a nível profissional, como pessoal. Depois de ter sido destituído da presidência do Sporting Clube de Portugal, terá agora perdido a batalha judicial pela guarda da filha Diana, de 3 anos, fruto do anterior casamento, com Cláudia Dias Gomes.

LEIA MAIS: ALERTA | Uso de cuecas fio dental potencia bactéria perigosa

O antigo líder leonino dizia que não conseguia «ser pai na sua plenitude, apenas 67 dias por ano», ou seja, em fins-de-semana alternados com a ex-mulher. Como tal, decidiu avançar para tribunal e pedir a guarda partilhada da filha.

Bruno de Carvalho chegou a acusar a ex-mulher de não o deixar ver a filha quando estipulado. «A minha ex-mulher desapareceu com a minha filha», escreveu no Facebook, na altura, exatamente quando se jogava a final da Taça de Portugal. Horas depois, Cláudia desmentiu-o, também nas redes sociais. «Ele sabe bem onde está a filha», respondeu a mãe da bebé.

«Não acredito que se possa ser pai em 67 dias», ‘chorava’ Bruno de Carvalho

Há pouco mais de um mês, quando deu uma entrevista ao jornal Expresso, voltou a apontar o dedo a Cláudia Dias Gomes. Acusou-a de ter mudado de postura relativamente ao acordo parental assinado em 2016, altura em que o casal se divorciou.

LEIA MAIS: Cão acorrentado 15 anos é finalmente libertado. Assista ao momento!

«Tínhamos o mesmo acordo que temos agora. Mas neste momento a minha ex-mulher decidiu levar o acordo de forma literal. E infelizmente está a ser apoiada por uma juíza que acha que uma pessoa pode ser pai 365 dias estando 67 com uma filha.

«Eu estou a pedir a guarda partilhada porque não acredito que se possa ser pai em 67 dias», explicou. Agora, segundo avança a flash, o Tribunal decidiu. Diana vai continuar aos cuidados da mãe, Cláudia Dias Gomes.

LEIA MAIS: Sem cuecas, apresentadora faz furor em direto


RELACIONADOS