Bino de Festa é Festa está esgotado: “Estou a passar uma fase complicada”

O Bino de “Festa é Festa” está dividido entre a novela, o filme “Curral de Moinas” e os espetáculos com João Paulo Sousa. O ritmo acelerado de trabalho começa a fazer-se sentir e Pedro Alves vai mesmo descansar, mas apenas durante cinco dias.

Bino de Festa é Festa está esgotado:

Bino de Festa é Festa está esgotado: “Estou a passar uma fase complicada”

O Bino de “Festa é Festa” está dividido entre a novela, o filme “Curral de Moinas” e os espetáculos com João Paulo Sousa. O ritmo acelerado de trabalho começa a fazer-se sentir e Pedro Alves vai mesmo descansar, mas apenas durante cinco dias.

Pedro Alves está cansado. O ator que faz de Bino em “Festa é Festa” está entregue à novela da TVI, mas não só: encontra-se ainda a trabalhar nas filmagens de “Curral de Moinas”, título da sua autoria e ainda de João Paulo Rodrigues, e nos espetáculos “Quim Roscas & Zeca Estacionâncio”, os nomes das famosas personagens desse filme. Pelo meio, sobre-lhe pouco tempo para descansar.

Estou a passar uma fase complicada, mas que faz parte. Estou a gravar o filme e a novela ao mesmo tempo. São duas personagens [a de Bino de “Festa é Festa” e a do filme] completamente diferentes, por isso tem sido bastante intenso”, conta Pedro Alves à NOVA GENTE. “Mais do que nunca, agora vivo dia a dia e noite a noite”, ri-se, referindo-se ao facto de não fazer planos com muita antecedência.

O ator diz que, apesar de andar “com poucas horas de sono” e de estar a viver esta fase de forma intensa, sente-se “feliz”. “Quando uma pessoa gosta do que faz, é muito bom”, adianta. As viagens até ao Porto, onde vive com a mulher e as filhas, também têm sido menos frequentes. As filmagens de “Curral de Moinas” têm decorrido ao longo das últimas semanas e terminam no dia 11, com folgas apenas às sextas-feiras, não lhe deixando muito tempo livre para estar com a família. “Por exemplo, este fim de semana [dias 6 e 7], vou ao Norte, mas não terei tempo de ir a casa porque tenho espetáculo com o João Paulo”, lembra.

É aí que, sempre que pode, aproveita para “desanuviar” em cima das motas, uma das suas maiores paixões. “Há cinco meses que ando a dizer que tenho de trazer para Lisboa. Fazia-me bem. Mas quando consigo ir ao Norte, dou sempre uma voltinha, nem que seja ir ver o por do sol à praia”, adianta.

“Isto são coisas cíclicas e obviamente que para as coisas funcionarem temos de ter um ciclo de trabalho e um ciclo de descanso. Eu agora estou focado nisto, mas quando acabar vou desligar um bocado”, revela. O que é que isto significa? Signica que o Bino de “Festa é Festa” vai “dar umas voltinhas fora de estrada”: “No fim do mês, tenho cinco dias de descanso. Agarro na tenda e no jipe e piro-me. Dá para desligar. Tenho mesmo de parar esses cinco dias”, desabafa.

Texto: Ana Filipe Silveira; Fotos: Reprodução Instagram

 

Impala Instagram


RELACIONADOS