Vida de Sónia Pinho do Big Brother marcada pela pobreza: “Fazia as minhas necessidades num balde”

A concorrente do Big Brother relatou as dificuldades pelas quais passou durante a infância. Sónia Pinho nem casa de banho tinha: “Tinha que ir a uns balneários”.

Vida de Sónia Pinho do Big Brother marcada pela pobreza: “Fazia as minhas necessidades num balde”

A concorrente do Big Brother relatou as dificuldades pelas quais passou durante a infância. Sónia Pinho nem casa de banho tinha: “Tinha que ir a uns balneários”.

Sónia Pinho foi a protagonista da última “Curva da Vida”, apresentada na gala deste domingo, dia 30 de outubro. A concorrente do “Big Brother” emocionou os telespectadores com a dura história de vida, marcada pela pobreza e por abusos sexuais. A concorrente de Peniche garantiu que a sua vida foi de “pobreza e trabalho”.

Durante a infância, Sónia Pinho chegou a viver sem ter casa de banho nem um quarto em em casa. “Eu não tinha uma casa de banho nem um quarto. Tinha que ir a uns balneários tomar banho e cheguei a tocar banho numa bica. Eu fazia as minhas necessidades num balde e tinha que ir despejar e sentia vergonha quando as pessoas viam“, recordou, garantindo, porém, que “nunca faltou comida na mesa“. “Tínhamos de sobreviver com aquilo que tínhamos. O meu pai era pescador, ele só recebia o rendimento conforme o que pescava“, acrescentou. Veja o vídeo da Curva da Vida de Sónia Pinho.

Vítima de abuso sexual aos 13 anos

Com apenas 13 anos, a concorrente de Peniche foi abusada sexualmente por um grupo de três rapazes. Com lágrimas nos olhos e mágoa na voz, Sónia relembrou o chocante episódio. “Vinha a sair da escola e três rapazes abordaram-me e levaram-me para um caniçal”, começou por dizer. “Fizeram tudo o que queriam de mim, não contei nada a ninguém. Quero que fique bem esclarecido que não perdi a virgindade nem nada disso, dei pontapés e consegui fugir”, acrescenta.

Texto: Inês Borges; Fotos: DR

Impala Instagram


RELACIONADOS