Big Brother. Sofia admite ter tido pensamentos suicidas

A concorrente Sofia, do Big Brother, confidenciou aos colegas ter atravessado graves problemas de saúde. Em conversa com Joana e Andreia, a hospedeira de bordo admitiu ter passado por um período de depressão e anorexia nervosa que deram origem a pensamentos suicidas.

Big Brother. Sofia admite ter tido pensamentos suicidas

Big Brother. Sofia admite ter tido pensamentos suicidas

A concorrente Sofia, do Big Brother, confidenciou aos colegas ter atravessado graves problemas de saúde. Em conversa com Joana e Andreia, a hospedeira de bordo admitiu ter passado por um período de depressão e anorexia nervosa que deram origem a pensamentos suicidas.

Em jeito de confidência, Sofia contou, na casa do “Big Brother”, ter passado por um período conturbado na sua vida, pautado por uma depressão. “Eu tive uma depressão muito má quando tinha 17 anos e eu queria comer e não conseguia engolir. Porque a depressão fez com que eu tivesse durante um período anorexia nervosa. Não era eu que queria emagrecer, porque achava que estava gorda, era o meu stress, era a minha depressão que fez com que eu perdesse a capacidade ou a reação natural do corpo. Eu nem sequer conseguia engolir. Eu não conseguia fazer a deglutição consciente nem natural e isso foi a gota de água”, começou por contar na manhã deste segunda-feira, 2 de novembro, numa conversa com Joana e Andreia.

“Mas o que é que te levou a isso?”, perguntava Andreia.

Sofia chegou a pensar em suicídio

“Foi uma grande descompensação química por causa de uma pílula, que ia dando cabo de mim. Não querendo entrar muito nesses detalhes, nessa altura quando eu já não conseguia engolir, eu fiquei com 42 quilos. E eu a querer comer, eu a querer lutar contra aquilo sem conseguir. E os meus pais, graças a Deus, perceberam que eu era uma miúda feliz e que, de repente, caí num fosso profundo. Estava com pensamentos compulsivos e intrusivos, sem razão nenhuma, porque eu tive uma infância muito feliz e muito bem acompanhada. E a minha mãe e o meu pai é que foram os meus psicólogos e me foram ajudando a lutar contra, mas eu cheguei mesmo a uma altura em que pensei “só se me atirar dali é que isto se resolve”. Imagina os pais ouvirem isto”, confessou.

Durante cerca de um ano, Sofia lidou com este problema de saúde causado pelo consumo de uma pílula, que originou “uma descompensação hormonal brutal e muito rápida”. “Eu perdi oito quilos numa semana”, revelou.

Joana perdeu 12 quilos num mês
Também Joana admitiu ter passado por uma problema relacionado com o peso, uma vez que o stress a impediam de comer e, por isso, emagrecia, chegando a perder mais de 10 quilos em apenas um mês.

“Há um ano, quando houve os incêndios na Amazonia eu decidi parar de comer carne. Isso aliado ao stress da faculdade causou que me desvinculasse completamente da comida. Eu quando estou stressada não como, e não é porque quero emagrecer. Eu fico sem fome. Tive assim mais ou menos um mês, perdi 12 quilos”, contou.

Texto: Marisa Simões; Fotos: DR e Reprodução Instagram

 

Impala Instagram


RELACIONADOS