Rafael do Big Brother sofre grave infeção no pé e fica em risco de ser amputado

Rafael do Big Brother sofreu uma grave lesão no pé esquerdo que podia ter corrido muito mal. Quem conta tudo é a mãe do concorrente.

Rafael do Big Brother sofre grave infeção no pé e fica em risco de ser amputado

Rafael do Big Brother sofreu uma grave lesão no pé esquerdo que podia ter corrido muito mal. Quem conta tudo é a mãe do concorrente.

Rafael Teixeira sofreu, há vários anos, uma lesão e quase que foi amputado. A revelação foi feita pela mãe do concorrente do Big Brother, TVI, a uma publicação semanal. Clara Freitas recordou o momento difícil pelo qual o filho passou, garantindo que Rafael sofreu bastante por causa de uma grave infeção no pé esquerdo. “Ele partiu o tornozelo do pé esquerdo que, sem se saber como, infetou”, contou.  “O meu filho estava no hospital e houve um dia em que ligou aflito porque tinha cinco médicos à volta dele a conversarem uns com os outros com um ar muito sério. Fui logo para lá e o pé do Rafael estava castanho e muito inchado”, recordou ainda. Mas o pior estava para vir. “Um dos médicos pediu para falar comigo e disse-me que a situação era muito grave. Que o pé estava em risco e teria de ser amputado”, explicou à TV Mais. Rafael do “Big Brother” tinha, na altura, cerca de vinte anos. “Ele era muito jovem e gostava de praticar desporto”, salientou ainda.

“A recuperação foi longa”

Assim sendo, restava apenas a esperança de que um novo tratamento desse resultado. “Era a nossa última esperança porque o médico disse que se a infeção alastrasse podiam ter de lhe amputar não só o pé como a perna”, recordou. “Felizmente começou a melhorar e foi um alívio para todos. A recuperação foi longa. Passou um mês no hospital deitado e com o pé esquerdo levantado. Quando finalmente se pôde levantar da cama não se aguentava de pé”, referiu ainda à mesma publicação a mãe do concorrente do “Big Brother”. Rafael recuperou mas, até hoje, não se sabe o que provocou a infeção. “O médico disse-nos que um caso como o dele acontece uma vez em cada 100. Foi o maior susto da vida dele! Não sei qual teria sido a reação do meu filho se lhe tivessem amputado o pé ou a perna, mas não tenho dúvidas que teria sofrido muito”.

Texto: Márcia Alves; Fotos: DR

 

Impala Instagram


RELACIONADOS