Big Brother. Noélia foi a mais nomeada da noite, mas há mais 4 que estão em risco

Noélia, Renato, Ana Catharina, Teresa e Diogo foram os concorrentes mais nomeados neste domingo, 24 de maio, marcado por vários dilemas. Um dos mais fortes foi atribuído ao último, que recusou uma imunidade.

Big Brother. Noélia foi a mais nomeada da noite, mas há mais 4 que estão em risco

Big Brother. Noélia foi a mais nomeada da noite, mas há mais 4 que estão em risco

Noélia, Renato, Ana Catharina, Teresa e Diogo foram os concorrentes mais nomeados neste domingo, 24 de maio, marcado por vários dilemas. Um dos mais fortes foi atribuído ao último, que recusou uma imunidade.

A noite foi de dilemas para os concorrentes do Big Brother 2020, este domingo, 24 de maio, e terminou com a já habitual ronda de nomeações. Noélia, com oito votos, foi a escolha mais feita pelos colegas na casa mais vigiada do país. Segue-se Renato, com seis nomeações, e Ana Catharina, Diogo e Teresa, todos com cinco. Hélder também teve cinco votos, mas foi salvo por Iury (já lá vamos…).

São, portanto, cinco os nomeados da semana, que vão lutar pela sua permanência na casa mais vigiada do País. Um deles vai abandonar o reality show da TVI no próximo domingo, 31 de maio.

Quem nomeou em quem:

Ana Catharina nomeou Hélder, Pedro Alves e Daniel Monteiro;
Hélder nomeou Ana Catharina, Soraia e Diogo;
Renato nomeou Daniel Monteiro, Jéssica e Noélia;
Daniel Monteiro nomeou Ana Catharina, Noélia e Renato;
Teresa nomeou Iury, Daniel Guerreiro e Sónia;
Pedro Soá nomeou Ana Catharina, Diogo e Daniel Guerreiro;
Noélia nomeou Hélder, Teresa e Renato;
Angélica nomeou Ana Catharina, Renato e Noélia;
Slávia nomeou Renato, Hélder e Pedro Alves;
Jéssica nomeou Diogo, Renato e Noélia;
Iury nomeou Teresa, Noélia e Soraia;
Pedro Alves nomeou Ana Catharina, Diogo e Daniel Guerreiro;
Sandrina nomeou Noélia, Teresa e Diogo;
Diogo nomeou Pedro Alves, Jéssica e Angélica;
Sónia nomeou Renato, Teresa e Noélia;
Daniel Guerreiro nomeou Teresa, Noélia e Hélder;
Soraia nomeou Hélder, Angélica e Daniel Monteiro.

Vamos agora à cronologia dos acontecimentos precedentes às nomeações. Depois da expulsão de Rui, viveu-se uma nova prova do líder na luxuosa mansão da Ericeira. A disputa pelo título da liderança foi ganha por Pedro Soá, que chegou a ameaçar, durante a semana, que iria desistir do reality show da TVI caso o pastor fosse expulso pelos portugueses, o que se veio a concretizar. O empresário do Montijo não cumpriu o que prometeu e a vitória na prova do líder deu-lhe imunidade nas nomeações.

Seguidamente, Cláudio Ramos deu a conhecer o resultado do desafio lançado no início da noite ao público: votar na aplicação do Big Brother no seu concorrente favorito. O vencedor foi… Diogo, salvo minutos antes pelo público de uma expulsão. O especialista em Marketing Digital dirigiu-se à Sala das Decisões, onde lhe foi apresentado um dilema: ficar imune das nomeações e, em contrapartida, a casa perder metade da (já pouca) alimentação que os participantes têm à sua disposição. Diogo não hesitou e optou por abdicar da imunidade.

A segunda mais votada na aplicação do programa foi Iury, que ganhou o poder de salvar um dos nomeados, desde que os concorrentes não usufruam das camas do maior quarto durante cinco dias. A escolha da concorrente, como já foi referido, recaiu sobre Hélder.

Kamikaze vs Não Kamikaze

Pedro Soá e companhia autoproclamaram-se Kamikaze nos últimos dias e o Big Brother quis pôr os pontos nos is quanto a esta questão. Por isso, o soberano declarou Pedro Soá capitão dos Kamikaze e Diogo líder dos Não Kamikaze, pedindo aos restantes que definissem de que lado se encontram.

Pedro Alves, Jéssica, Hélder, Daniel Monteiro e Angélica ficaram do lado de Pedro Soá. Noélia, Teresa, Soraia, Daniel Guerreiro, Sandrina, Ana Catharina, Slávia, Iury, Sónia e Renato declararam-se neutros e, por isso, escolheram a fação dirigida por Diogo.

Rui expulso com percentagem expressiva

O público decidiu, está decidido. Rui foi o nomeado mais votado pelos portugueses e foi, por isso, o concorrente expulso, este domingo, 24 de maio, do Big Brother 2020, com 72% dos votos. No gráfico final, revelado por Cláudio Ramos, seguiu-se Diogo, com 23%, e Daniel Guerreiro, com apenas 5%.

Recorde-se que Soraia era a quarta nomeada da semana, mas saiu desta equação na passada sexta-feira, naquela que foi uma iniciativa inédita na história do Big Brother em Portugal. O apresentador suspendeu a votação por minutos e, até àquele momento, a professora assistente em ensino especial era, dos quatro, a que menos votos pela negativa tinha angariado. Foi eliminada automaticamente do escrutínio.

Rui é o terceiro concorrente a abandonar a casa mais vigiada do País por decisão do público. O primeiro foi Fábio, expulso na estreia de Big Brother 2020, depois das duas semanas de BB Zoom, o primeiro estágio do reality show da TVI, em que os participantes estiveram confinados em T0, cumprindo o período de quarentena recomendado pelas autoridades de saúde para ser garantido que não estavam infetados com a COVID-19. Há uma semana foi a vez de Edmar deixar a competição.

O vencedor da edição celebrativa dos 20 anos da estreia do Big Brother em Portugal vai ganhar 50 mil euros.

Texto: Dúlio Silva; Fotografias: reprodução redes sociais

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS