Big Brother Bruno Savate diz-se vítima de discriminação: “Sofri na pele”

Bruno Savate revelou ter sofrido de discriminação por se ter envolvido com muitas mulheres, enquanto o tema liberdade sexual estava a ser debatido na casa do “Big Brother – Duplo Impacto”, da TVI. Ainda, o concorrente de Gondomar afirma nao acreditar na homossexualidade nem na bissexualidade.

Big Brother Bruno Savate diz-se vítima de discriminação:

Big Brother Bruno Savate diz-se vítima de discriminação: “Sofri na pele”

Bruno Savate revelou ter sofrido de discriminação por se ter envolvido com muitas mulheres, enquanto o tema liberdade sexual estava a ser debatido na casa do “Big Brother – Duplo Impacto”, da TVI. Ainda, o concorrente de Gondomar afirma nao acreditar na homossexualidade nem na bissexualidade.

Bruno Savate revela que já se sentiu discriminado por ter se envolvido com muitas mulheres, na tarde de quinta-feira, dia 14 de janeiro, enquanto os concorrentes debatiam o tema liberdade sexual e orientação sexual. 

Helena Isabel foi a primeira a falar sobre o assunto. A seguir, Gonçalo Quinaz referiu que as mulheres, por muitas vezes, são associadas a uma conotação negativa por terem relações com muitos homens, enquanto os indivíduos do sexo masculino já não são julgados. Ao discordar, Bruno Savate diz que isso aconteceu com ele.
 
“Ai não…já sofri na pele muito com isso!”, atirou o participante de Gondomar. 
 
Nesse instante, Gonçalo Guinaz esclarece: “Mano, mas é diferente, os termos que se utilizam, aquilo que se diz de um homem é totalmente diferente dos rótulos, das palavras e dos nomes feios que se atribuem a uma mulher.”
 

“Não acredito que exista a homossexualidade e a bissexualidade”

Na continuação da partilha de opiniões, Bruno Savate conta, ainda, não acreditar que exista separações, isto é, homossexualidade ou bissexualidade. O concorrente acredita no amor. 
 
“Tanto acho que a mulher como o homem, se se envolverem com várias pessoas ao longo da vida são criticados por isso. Tanto o homem como a mulher têm o dinheiro de escolherem com quem se querem envolver e à hora que querem. Agora, se estiverem numa relação e tiverem assumido algo, aí sim é errado o fazerem. Mas se forem livres estão à vontade“, defendeu o concorrente que faz dupla de Joana Alburquerque.
 
E continuou: “Eu não acredito que exista homossexualidade nem bissexualidade. Existe amar pessoas. Há pessoas que amam homens e pessoas que amam mulheres”.
 
Mas não ficou por aí. O concorrente de Gondomar disse, aos colegas, em tom de brincadeira, enquanto estavam na zona do roupeiro, que é “homossexual, não me identifico com os homens. Eu sou gaja.”  Rui Pedro, Pedro Soá e Gonçalo Quinaz lançam algumas risadas e o participante do Montijo acrescenta: “Mas tu passavas por coiso, na boa”.
 
 
 
Texto: Carolina Sousa; Fotos: Redes Sociais

Veja a notícia completa aqui

Notícia www.novagente.pt

Impala Instagram


RELACIONADOS