Big Brother – A Revolução Em lágrimas ao falar do transtorno bipolar do pai: «Foi um choque ver o meu pai internado».

Carlos traçou a curva da vida e comoveu tudo e todos ao falar sobre o pai. «Nunca tive uma conversa séria com o meu pai», confessa.

Big Brother - A Revolução Em lágrimas ao falar do transtorno bipolar do pai: «Foi um choque ver o meu pai internado».

Big Brother – A Revolução Em lágrimas ao falar do transtorno bipolar do pai: «Foi um choque ver o meu pai internado».

Carlos traçou a curva da vida e comoveu tudo e todos ao falar sobre o pai. «Nunca tive uma conversa séria com o meu pai», confessa.

Carlos abriu o coração para, na curva da vida, fazer algumas revelações sobre o seu passado. O concorrente do Big Brother – A Revolução, TVI, revelou que o pai sempre foi ausente e que isso gerou em si alguma revolta, levando-o a ter comportamentos agressivos.

«Nunca tive uma relação muito próxima com o meu pai. A minha mãe soube compensar essa ausência. Nunca gostei de desabafar as minhas coisas com ninguém, até porque a minha mãe já tinha tido uma depressão e eu não queria estar a ser mais uma preocupação», começou por dizer.

Veja a notícia completa aqui

Notícia www.novagente.pt

Impala Instagram


RELACIONADOS