António Gonçalves Agricultor emociona-se ao recordar morte da irmã, vítima da Covid-19: «Pouco fizeram para que ela se salvasse»

António Gonçalves esteve à conversa com Júlia Pinheiro e não conseguiu conter as lágrimas.

António Gonçalves Agricultor emociona-se ao recordar morte da irmã, vítima da Covid-19: «Pouco fizeram para que ela se salvasse»

António Gonçalves Agricultor emociona-se ao recordar morte da irmã, vítima da Covid-19: «Pouco fizeram para que ela se salvasse»

António Gonçalves esteve à conversa com Júlia Pinheiro e não conseguiu conter as lágrimas.

Entre respostas, muitas foram as lágrimas derramadas por António Gonçalves. O agricultor foi entrevistado por Júlia Pinheiro para o vespertino da SIC e emocionou-se por diversas vezes, sempre que a conversa se centrava na morte de um dos seus. Primeiro, abordou o desaparecimento da mulher e evocou a «revolta» que sentiu por um cancro lhe ter roubado, há cerca de um ano, o seu grande amor. Depois, falou abertamente sobre as circunstâncias da morte de uma das irmãs, em maio passado.

Emília era quase uma segunda mãe para António Gonçalves. Depois de «um mês e meio internada», a familiar não resistiu à COVID-19. Tinha 57 anos. «Esteve ligada aos ventiladores, em coma induzido. Os médicos diziam que estava a correr tudo bem. Tinha um pulmão afetado, até que ficou bom. O problema foram os outros órgãos, que entraram em falência», relatou.

Críticas aos médicos da Suíça

Veja a notícia completa aqui

Notícia www.novagente.pt

Impala Instagram


RELACIONADOS