António Costa usa sapatos de cortiça devido a infeção de pele

O primeiro-ministro português deu que falar esta semana ao usar uns modernos sapatos com sola feita de cortiça. Não por uma questão de estilo mas sim porque está a recuperar de uma infeção de pele.

António Costa usa sapatos de cortiça devido a infeção de pele

António Costa usa sapatos de cortiça devido a infeção de pele

O primeiro-ministro português deu que falar esta semana ao usar uns modernos sapatos com sola feita de cortiça. Não por uma questão de estilo mas sim porque está a recuperar de uma infeção de pele.

António Costa esteve, juntamente com os 27 líderes dos países da União Europeia, em Bruxelas para discutir o plano de recuperação económica da crise provocada pela pandemia da covid-19. O líder português deu que falar devido aos sapatos que usou, um modelo moderno com sola de cortiça.

Especulou-se que o uso dos sapatos tivesse por objetivo promover o calçado nacional mas a explicação é outra. De acordo com o jornal Sol, António Costa escolheu este modelo devido ao conforto, uma vez que está a recuperar de uma infeção de pele chamada erisipela.

Primeiro-ministro está quase recuperado de infeção

De acordo com o site da Serviço Nacional de Saúde, a  erisipela é uma infeção da pele causada por uma bactéria e ocorre com mais frequência nas pernas e na face. Em alguns casos, esta doença pode causar a formação de bolhas ou feridas na pele.

Os sapatos foram encomendados a uma fábrica de calçado de Guimarães e feitos num tamanho maior do que o habitualmente usado pelo primeiro-ministro, para que este pudesse caminhar mais confortavelmente. Ainda de acordo com o Sol, o primeiro-ministro está quase recuperado desta infeção que, durante a cimeira europeia, o obrigou a descansar com a perna suspensa.

 

Texto: Raquel Costa | Fotos: redes sociais e Arquivo Impala

 

Impala Instagram


RELACIONADOS