Angélico Vieira Sobrevivente do fatídico acidente quebra o silêncio: «Conheci-o dias antes dessa viagem»

Armanda Leite, uma das sobreviventes do acidente de viação que vitimou o cantor Angélico Vieira, revela que se esqueceu «de tudo»: «O que me lembro é de ouvir falar»

Angélico Vieira Sobrevivente do fatídico acidente quebra o silêncio: «Conheci-o dias antes dessa viagem»

Angélico Vieira Sobrevivente do fatídico acidente quebra o silêncio: «Conheci-o dias antes dessa viagem»

Armanda Leite, uma das sobreviventes do acidente de viação que vitimou o cantor Angélico Vieira, revela que se esqueceu «de tudo»: «O que me lembro é de ouvir falar»

Armanda Leite, uma das sobreviventes do acidente de viação que vitimou o cantor Angélico Vieira em junho de 2011, foi entrevistada no programa Júlia, da SIC. A jovem, de 26 anos, afirma que «qualquer ser humano» na sua condição começa «a perder a esperança.» Após um processo de recuperação difícil, que se arrasta até hoje, a angolana continua dependente de uma cadeira de rodas, não mexe o lado direito, e tem sequelas a nível cognitivo. Perdeu a memória do dia do acidente. Só se recorda do que se passou 15 dias antes deste dia fatídico. «Esqueci-me de tudo, o que me lembro é de ouvir falar», afirma Armanda que diz recordar-se de Angélico, que conheceu «dias antes dessa viagem», mas das outras pessoas que iam no carro não.

«Para onde foi aquela Armanda?»

A jovem, que um dia desejou ser modelo e advogada, também não tem memória dos dias que passou no Hospital de Santo António, no Porto, 16 deles em coma. «Na altura, nem sei que pensava… estava em qualquer sítio a passar férias, sei lá. Quase não senti dores», conta, adiantando que as lembranças surgem apenas quando se mudou para o Centro de Medicina de Reabilitação da Região Centro – Rovisco Pais.

Veja a notícia completa aqui

Notícia www.novagente.pt

Impala Instagram


RELACIONADOS