Andreia Rodrigues sofre de anomalia genética que afeta o funcionamento do fígado

Andreia Rodrigues revelou, em conversa com Cristina Ferreira, que sofre de uma anomalia genética que afeta o funcionamento do fígado.

Andreia Rodrigues sofre de anomalia genética que afeta o funcionamento do fígado

Andreia Rodrigues sofre de anomalia genética que afeta o funcionamento do fígado

Andreia Rodrigues revelou, em conversa com Cristina Ferreira, que sofre de uma anomalia genética que afeta o funcionamento do fígado.

Andreia Rodrigues tem vivido dias difíceis, tal como revelou n’O Programa da Cristina desta sexta-feita, 3 de janeiro. A apresentadora de Amigos Improváveis, que tem estreia marcada para este sábado, 4, na SIC, contou que a filha, Alice, de um ano e meio, está com uma virose e que tem dormido poucas horas por estar a cuidar da menina.

«Há cinco noites que não durmo. Tenho-as passado sentada. A minha filha está com uma virose. Há cinco noites que tenho dormido uma média de uma hora, uma hora e meia», afirmou a mulher de Daniel Oliveira. 

«Devemos ter qualquer coisa que se liberta e que nos ajuda a aguentar»

Apesar dos desafios que a maternidade lhe trouxe, Andreia Rodrigues encara tudo de sorriso no rosto e com boa-disposição. «Honestamente, acho que a maternidade nos traz uma capacidade extra. Devemos ter qualquer coisa que se liberta e que nos ajuda a aguentar», afirmou.

A anomalia genética
Em conversa com Cristina Ferreira e Cláudio Ramos, Andreia Rodrigues confessou ainda sofrer de uma anomalia genética. A mulher do Diretor de Programas do canal de Paço de Arcos revelou que sofre de Síndrome de Gilbert, anomalia que só descobriu aos 35 anos.
«Tenho uma enzima a menos no fígado. Todos os dias temos morte natural de glóbulos vermelhos. O meu fígado não processa à mesma velocidade a morte. Se eu fizer jejuns muito grandes ou fizer exercícios de alta intensidade, começo a ficar muito cansada e com os olhos ligeiramente amarelos», afirmou, acrescentando que este síndrome «não tem qualquer impacto [na vida], é só uma variante».

Texto: Inês Marques Fernandes; Fotos: Instagram

 

Impala Instagram


RELACIONADOS