Alexandra Lencastre e a dor das filhas ao saberem que tinha covid-19

Alexandra Lencastre falou do sofrimento que a sua doença causou nas filhas, revelou que a mãe tem Alzheimer e falou ainda do medo que tem em relação ao futuro profissional.

Alexandra Lencastre e a dor das filhas ao saberem que tinha covid-19

Alexandra Lencastre e a dor das filhas ao saberem que tinha covid-19

Alexandra Lencastre falou do sofrimento que a sua doença causou nas filhas, revelou que a mãe tem Alzheimer e falou ainda do medo que tem em relação ao futuro profissional.

Alexandra Lencastre esteve no programa de Júlia Pinheiro e falou sobre o tempo em que esteve internada com covid-19. Sem conter a emoção, a atriz, que perdeu 18 quilos devido à doença, contou como as filhas, Margarida e Catarina, lidaram com a doença e o sofrimento que viveram com as incertezas em relação à saúde da mãe.

“A de Londres [Catarina] ficou um bocadinho aflita, mas comigo falava sempre muito friamente”, começou por dizer. “A Margarida é o furacão, muito emocional, diz o que deve e o que não deve. Mas é tudo com muito boa intenção e de coração na boca.

“A Catarina é mais fria. Mas depois vai chorar ao pé de pessoas que não conheço. Põe para dentro… Não dizia a mim, mas dizia à irmã: ‘Será que voltamos a ver a mãe?’. E isso dói tanto”, disse, com os olhos marejados de lágrimas.

Alexandra Lencastre falou ainda da mãe, que celebrou mais um aniversário enquanto esteve no hospital. E revelou que a progenitora sofre de doença neurológica.

“A minha mãe também não está bem. Está com Alzheimer, ainda numa fase inicial. E não se lembrou de algumas coisas. Graças a Deus, não se apercebeu da gravidade. Percebeu que eu não estava bem, mas não sonhou que eu tinha sido internada”, contou.

Alexandra Lencastre assume medo do futuro profissional

Apesar de já estar livre da covid-19, a atriz ainda não está totalmente recuperada. Faz exercícios pulmonares, ainda se cansa muito e tem notado algumas falhas de memória. “Não sei se isso tem só que ver com a medicação ou com o facto de estarmos muito tempo parados, de passarmos muitas horas sozinhos. Não conseguimos ler, não conseguimos ver televisão. Desligas-te da tua rotina”, afirmou.

“Só fazes aquilo que o teu corpo pede e isso põe em causa o nosso futuro. Será que eu vou voltar? A questão da memória é muito perturbante e isso tem que ver com a falta de oxigenação do sangue”, acrescentou.

Ainda no programa, Júlia Pinheiro entrevistou o médico que assistiu Alexandra Lencastre durante o internamento, Nuno Ribeiro Ferreira. “Portou-se lindamente”, começou por contar o clínico, bem-disposto. “O internamento correu muito bem. Um ou outro percalço, mas foi calmo e bem sucedido. Felizmente, correu tudo bem”, disse, acrescentando ainda que Alexandra “é muito faladora, gosta conversar”.

A atriz voltou a emocionar-se ao ouvir as palavras do médico. “São muito atentos”, disse, dirigindo-se em particular a Nuno Ribeiro Ferreira. “Quando fala com um doente de covid-19 já percebe em que estado é que ele está a nível psicológico e que tipo de carinho e de atenção é que precisa. E senti isso consigo e estou-lhe grata até ao fim da minha vida.”

Texto: Patrícia Correia Branco;
Fotos: D.R.

LEIA AGORA
Joana Albuquerque acusada de promover festa clandestina
Joana Albuquerque acusada de promover festa clandestina
Joana Albuquerque venceu o Big Brother e tem aproveitado para reencontrar amigos. Aparentemente, contudo, terá ignorado as regras da Direção-Geral de Saúde. (… continue a ler aqui)

Impala Instagram


RELACIONADOS