A Pipoca Mais Doce Sofre com distância dos filhos devido à covid-19

Infetada com covid-19 e, ainda, sem grandes sintomas, A Pipoca Mais Doce sofre com a distância que tem que manter do resto da família. A comentadora do “Big Brother” conta como têm sido os seus dias em isolamento.

A Pipoca Mais Doce Sofre com distância dos filhos devido à covid-19

A Pipoca Mais Doce Sofre com distância dos filhos devido à covid-19

Infetada com covid-19 e, ainda, sem grandes sintomas, A Pipoca Mais Doce sofre com a distância que tem que manter do resto da família. A comentadora do “Big Brother” conta como têm sido os seus dias em isolamento.

Ana Garcia Martins, mais conhecida por A Pipoca Mais Doce, ficou infetada com covid-19 no dia 15 de janeiro. Num relato diário, a comentadora do “Big Brother” da TVI tem contado como têm sido os seus dias durante o isolamento e revelou sentir-se desolada e a sofrer pela distância que tem que manter dos filhos, dentro da própria casa, nesta segunda-feira, dia 18 de janeiro.

“Esta está a ser a parte mais difícil do vírus: a distância. O resto leva-se, mas ter a Benedita a entrar-me no quarto sete vezes por dia a mostrar a roupa, um brinquedo, a pedir colo ou só a perguntar “a mãe tá doenti?”, parte-me o coração”, confessou aos seguidores da sua conta oficial do Instagram.

E continuou: “O pai e o irmão aparecem dois segundos depois, atrás dela, a berrar “não podes estar aí, NÃO TE APROXIMES DA MÃE”, e pronto, parece uma casa de doidos.”

Pipoca dá o seu testemunho na luta contra o vírus

Segundo Ana Garcia Martins, os sintomas continuam ligeiros. “Além do olfacto e do paladar, só mesmo um cansaço que acho que tem mais de crónico do que de covid”, informou. E os seus dias têm sido monótonos. A comentadora do “Big Brother” tem estado a ocupar o tempo ao máximo, porém a sensação que tem sentido é que o tempo não passa.

“Tento dormir o mais que posso, porque também é a forma de o tempo passar mais depressa, mas parece que os dias – que normalmente nunca chegam para nada – têm 76 horas. E depois leio, vejo séries, whatsappo, mas já estou farta destas quatro paredes”, confidenciou.

Num tom de brincadeira, até lançou um desafio a si própria. “Amanhã sou capaz de cometer uma loucura e ir até à varanda”, afirmou. “Enquanto vou e volto sempre se gastam aí uns bons 54 segundos…”, rematou.

Texto: Carolina Sousa; Fotos: Redes Sociais

 

Impala Instagram


RELACIONADOS