Ministério Público espanhol pede 8 anos de prisão para Shakira

Shakira arrisca oito anos de prisão e uma multa de mais de 23 milhões de euros por fraude fiscal.

Ministério Público espanhol pede 8 anos de prisão para Shakira

Shakira arrisca oito anos de prisão e uma multa de mais de 23 milhões de euros por fraude fiscal.

Shakira arrisca oito anos de prisão e uma multa de mais de 23 milhões de euros por fraude fiscal. De acordo com o El País, esta sexta-feira, o Ministério Público espanhol pediu uma pena de prisão de oito anos e dois meses e uma multa de 23,7 milhões para a cantora colombiana, que recusou um acordo judicial no âmbito das acusações de fraude fiscal.

Shakira é acusada de ter lesado o Estado em 14,5 milhões de euros, entre 2012 e 2014, por ausência de pagamento de impostos sobre arrendamento e património. Os alegados crimes são considerados agravados devido à elevada quantia em causa e à utilização de paraísos fiscais. Alegadamente, a cantora colombiana terá recorrido a uma rede empresarial baseada em paraísos fiscais como as Ilhas Caimão, Panamá, Luxemburgo, entre outros.

O El País revela ainda que segundo a acusação, nos anos em causa, Shakira já vivia com Gerard Piqué em Barcelona, de quem já está separada, e por tal teria de assumir os encargos fiscais de um cidadão espanhol. A cantora defendeu que tinha residência fiscal nas Bahamas.

Shakira confirmou estar separada em junho

Shakira e Gerard Piqué confirmaram a separação no dia 4 de junho após ter vindo a público, dois dias antes, que a cantora teria apanhado o futebolista com outra mulher. Segundo o jornal espanhol 20minutos, a artista terá tentado reatar a relação duas vezes, mas sem resultado. O jogador do Barcelona já terá dado por terminada a relação e tem, alegadamente, um novo amor. Trata-se de uma jovem “loira de 22 anos, que estuda e trabalha como relações públicas de eventos em Barcelona”.

Texto: Ana Lúcia Sousa

Impala Instagram


RELACIONADOS