Ljubomir atacado: “Ele deve ter passado por relações com grandes traumas. Não tolero essa linguagem”

Edmundo Gomes, proprietário do restaurante italiano “Tomate”, em Espinho, deixou algumas acusações a Ljubomir Stanisic, chef do “Pesadelo na Cozinha”.

Ljubomir atacado:

Ljubomir atacado: “Ele deve ter passado por relações com grandes traumas. Não tolero essa linguagem”

Edmundo Gomes, proprietário do restaurante italiano “Tomate”, em Espinho, deixou algumas acusações a Ljubomir Stanisic, chef do “Pesadelo na Cozinha”.

Ljubomir Stanisic, a grande figura do “Pesadelo na Cozinha”, está a ser alvo de algumas críticas por parte dos proprietários dos restaurantes que visita.

O último a insurgir-se contra o chef bósnio foi Edmundo Gomes, dono do “Tomate”, restaurante italiano situado na cidade de Espinho.

Em declarações prestadas a um portal nacional, Edmundo diz que “não aproveitou de forma relevante” nada do que Ljubomir lhe deixou no espaço. “Já fiz o coq au vin, ninguém come, o chili com carne, uma ou duas pessoas. Os clientes querem é pizzas e massa”, referiu.

Sobre a personalidade vincada de Ljubomir, Edmundo Gomes aponta as principais críticas: “Ele deve ter passado por relações com grandes traumas. Não tolero essa linguagem. Talvez seja a forma de ser dele mas não tem maneiras de falar com as pessoas. Pode ser um grande chef mas como ser humano não“, deixou em tom acusatório.

Já FIlipa, antiga cozinheira do “Tomate”, não deve ter a mesma opinião de Edmundo. A jovem deixou-se encantar por Ljubomir, e o chef decidiu despedir-se da mulher com um beijo na boca. Recorde o momento no vídeo em baixo.

Ljubomir beija Filipa – Vídeo

 

 

 

Impala Instagram

Mais

RELACIONADOS