Joana Madeira faz confissões sobre um dos maiores traumas da sua vida

A repórter da TVI, Joana Madeira desabafou sobre um dos maiores traumas do seu passado nas redes sociais.

Joana Madeira faz confissões sobre um dos maiores traumas da sua vida

Joana Madeira faz confissões sobre um dos maiores traumas da sua vida

A repórter da TVI, Joana Madeira desabafou sobre um dos maiores traumas do seu passado nas redes sociais.

Joana Madeira partilhou hoje, Dia do Pai, uma grande confidência com os seus seguidores, nas redes sociais. A repórter da TVI costuma fazer várias publicações sobre o seu dia-a-dia, mas desta vez, surpreendeu todos os seus fãs ao fazer um desabafo sobre um dos maiores traumas da sua vida.

Joana Madeira, abriu o coração e as memórias do passado e falou sobre a sua infância e sobre a sua relação com o pai:

Nunca tive pai. Quer dizer, tive. Alguém me fez. Mas separou-se da minha mãe muito antes de eu conseguir guardar memórias dele na minha cabeça. Não tenho nada, zero. A minha mãe diz que costumava pegar-me ao colo. Eu gostava de me lembrar. No entanto, por mais que procure em mim, nunca o encontro. Tenho pena. Tenho pena que tenha sido assim. Sempre odiei o dia do pai. Sempre. Sobretudo no tempo da escola. Quando nos obrigavam a fazer a tal “prenda do dia do pai”, eu também tinha de a fazer. Mas para dar a quem? Sorte a da minha mãe que as recebia. Era um dos piores dia minha vida. Magoava-me. Ver todos tão felizes por terem um pai. Não sei bem o que isso é. Nunca saberei. Gostava de saber. Mas não dependeu de mim. E agora já lá vai. Como é que eu hei-de dizer isto? – Feliz dia do pai para todos (mesmo para aqueles que, como eu, nunca souberem o que é ter um), desabafou Joana Madeira nas redes sociais.

Recorde-se que  repórter de 25 anos é casada, desde 2013, com o humorista do programa “Donos Disto Tudo”, Eduardo Madeira. Fruto do relacionamento têm uma filha, de 4 anos, chamada Leonor.

 

Impala Instagram

Mais

RELACIONADOS