Técnico recorda momento do disparo fatal de Alec Baldwin. “Segurei-a nos meus braços”

Alec Baldwin tem estado no centro das atenções a nível mundial por ter matado acidentalmente Halyna Hutchins no filme “Rust”. Um técnico de iluminação revela agora mais pormenores do momento fatídico.

Técnico recorda momento do disparo fatal de Alec Baldwin. “Segurei-a nos meus braços”

Alec Baldwin tem estado no centro das atenções a nível mundial por ter matado acidentalmente Halyna Hutchins no filme “Rust”. Um técnico de iluminação revela agora mais pormenores do momento fatídico.

Alec Baldwin tem tido o apoio da família, dos colegas e até mesmo da família de Halyna Hutchins, que morreu após um disparo acidental do ator nos ensaios do filme “Rust”, no Novo México, Estados Unidos da América. A arma não deveria estar carregada e o pior aconteceu. A tragédia, ocorrida no dia 21 de outubro, deixou a equipa desolada. Pode ler aqui mais detalhes do acidente.

Serge Svetnoy, técnico de iluminação, partilhou nas redes sociais um vídeo com fotos e textos, para homenagear a colega e amiga, intitulado “Rust – A minha visão da tragédia”. Uma das imagens foi captada segundos antes do disparo fatal. A foto, onde aparece Alec Baldwin, Halyna Hutchins e a restante equipa, já está a tornar-se viral.

“A última foto com Halyna no set”, escreveu Serge Svetnoy na imagem partilhada no Facebook, em que se pode ver o ator e a diretora de fotografia a trocarem algumas ideias minutos antes da tragédia. “Eu trabalhei com ela em praticamente todos os seus filmes. Às vezes, partilhámos comida e água. Cuidámos um do outro. Posso dizer, com toda a confiança, que ela era minha amiga”, referiu o técnico, relatando o momento em que Halyna lhe cai nos braços.

“Eu estava ao pé da Halyna quando se deu o tiro fatal que lhe tirou a vida e feriu o diretor Joel Souza. Segurei-a nos meus braços enquanto ela estava a morrer. O sangue dela estava nas minhas mãos”, descreveu, dando a sua visão da tragédia.

LEIA MAIS “Recuperar o corpo” para “manter artistas presentes” é proposta do Teatro S. Luiz

“A culpa é da negligência e da falta de profissionalismo”

“A culpa é da negligência e da falta de profissionalismo. A pessoa que deveria verificar a arma no local não o fez. A pessoa que teve de anunciar que a arma carregada estava no local não o fez. A pessoa que deveria ter verificado esta arma antes de a trazer para o cenário não o fez. E A MORTE DE UM SER HUMANO É O RESULTADO!”, escreveu. “Para poupar um cêntimo às vezes, contratas pessoas que não estão totalmente qualificadas para o trabalho complicado e perigoso, e arriscas a vida das outras pessoas e a tua vida também”, continuou, mostrando-se transtornado com o que aconteceu.

“Não desejo que ninguém passe pelo que eu passei, pelo que o marido dela, Matt Hutchins, e o filho dela, Andros, passaram, e o ator Alec Baldwin, que recebeu uma arma no set. Ele tem que conviver com o pensamento de que tirou a vida do ser humano por causa de pessoas pouco profissionais”, lamentou.

 

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Serge Svetnoy (@serge.svetnoy)

Impala Instagram


RELACIONADOS