Steven Seagal assume cargo político nos Estados Unidos

Do cinema para a política, o ator continua entre a Rússia e os Estados Unidos, países em forte luta política.

Ele já foi agente da CIA, mercenário, foi atrás dos maus da fita, enfim. Desta vez, a coisa é séria. O ator de filmes de ação Steven Seagal foi definido como enviado especial da Rússia nos Estados Unidos da América. A função não será remunerada, tal como os embaixadores das Nações Unidas, refere o governo russo.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros da Rússia anunciou a nomeação na rede social Facebook, dizendo que o trabalho de Seagal consiste em promover “relações entre a Rússia e os Estados Unidos no campo humanitário, incluindo cooperação em cultura, artes, público e intercâmbio de jovens”. Recorde-se que Steven Seagal tem nacionalidade russa desde novembro de 2016.

 

As relações entre os Estados Unidos e a Rússia tem estado instáveis. Várias agências norte-americanas acusaram a Rússia de interferir nas eleições de 2016 e advertiram que isso poderia acontecer novamente. Os países também estão em desacordo com a guerra civil síria e a anexação russa da Crimeia.

Steven Seagal já reagiu no Twitter e não escondeu a satisfação de ser apontado a esse cargo diplomático. “Espero que possamos lutar pela paz, harmonia e resultados positivos no mundo. Levo essa honra muito a sério”, disse o ator na rede social.

Veja também a imagem no Twitter

Apesar do cargo, Steven Seagal afirma continuamente nas redes sociais que permanece a trabalhar na indústria do cinema.

Fotos: D.R. e Reprodução Instagram

 

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS