Queixa de violação de Mayorga contra Ronaldo apresentada no Tribunal Federal

A queixa de Kathryn Mayorga contra Ronaldo terá sido retirada do Tribunal Estadual do Nevada, mas apresentada no Tribunal Federal dos Estados Unidos.

Queixa de violação de Mayorga contra Ronaldo apresentada no Tribunal Federal

A queixa de Kathryn Mayorga contra Ronaldo terá sido retirada do Tribunal Estadual do Nevada, mas apresentada no Tribunal Federal dos Estados Unidos.

A agência Bloomberg avançou esta quarta-feira, 5 de junho, que a queixa de Kathryn Mayorga de violação contra Cristiano Ronaldo teria sido retirada do Tribunal Estadual do Nevada. No entanto, ao que o Maisfutebol apurou, esta ocorrência não dita o arquivamento do caso, uma vez que o processo terá sido apresentado no Tribunal Federal dos Estados Unidos.

Kathryn Mayorga acusa Ronaldo de a ter violado no dia 13 de junho de 2009, durante uma festa, num hotel de Las Vegas, estado norte-americano do Nevada. À data, a queixosa denunciou a presumível violação à polícia de Las Vegas e foi submetida a um exame médico. No entanto, os advogados da mulher afirmam que Mayorga terá sido coagida a assinar um acordo de confidencialidade a troco de cerca de 325 mil euros (375 mil dólares).

O processo foi reaberto em outubro do ano passado, depois de Kathryn Mayorga ter apresentado novas informações sobre a alegada violação.

Perante as acusações, Cristiano Ronaldo afirmou sempre ser inocente. «Nego terminantemente as acusações de que sou alvo. Considero a violação um crime abjeto, contrário a tudo aquilo que sou e em que acredito. Não vou alimentar o espetáculo mediático montado por quem se quer promover à minha custa», afirmou, na altura da reabertura do processo, numa publicação no Twitter.

LEIA MAIS

Previsão do tempo para quarta-feira, 5 de junho de 2019

Guterres ponderou vender casa em Manhattan para ajudar a superar crise orçamental da ONU

Impala Instagram


RELACIONADOS