Madonna processada por fã porque os concertos começaram tarde demais

Nate Hollander é fã de Madonna, mas não foi por isso que deixou de processar a cantora norte-americana.

Madonna processada por fã porque os concertos começaram tarde demais

Madonna processada por fã porque os concertos começaram tarde demais

Nate Hollander é fã de Madonna, mas não foi por isso que deixou de processar a cantora norte-americana.

Nate Hollander é fã de Madonna, mas não foi por isso que deixou de processar a cantora norte-americana. A razão prende-se com o atraso de um dos concertos da Rainha da Pop.

Em agosto, o respetivo fã comprou três bilhetes para o concerto da cantora, da tour Madame X, em Miami, a 17 de dezembro, agendado para as 20h30.

Até aí parecia tudo bem, no entanto quando a cantora e a promotora do evento, Live Nation, informaram, a 23 de outubro, que o início do concerto atrasaria duas horas, o descontentamento surgiu.

Segundo o site do canal CNN, o fã critica a alteração de horário, para as 22h30 – uma vez que não pode estar presente – e refere ainda que o reembolso dos bilhetes não é possível para quem não possa ou não queira assisitir ao concerto àquela hora. Dessa forma, os cerca de 1000 dólares (equivalente a 900 euros) que o fã gastou não podem ser devolvidos. E mesmo que Nate tente vendê-los perderá dinheiro, uma vez que os bilhetes perdem valor pela hora tardia de início de concerto.

Já não é a primeira vez que tal acontece em concertos de Madonna. Recentemente, a cantora tinha um concerto em Las Vegas, marcado para as 22h30, onde também só compareceu duas horas depois.

Texto: Marisa Simões: Fotos: Arquivo Impala e Reprodução Instagram

 

Impala Instagram


RELACIONADOS