Ucrânia: A carta arrepiante de uma menina de 9 anos para a mãe que morreu

Galiya, uma menina de nove anos, está a emocionar o mundo com a carta arrepiante que escreveu à mãe que morreu vítima de um bombardeamento das tropas russas, na guerra na Ucrânia. Veja tudo.

Ucrânia: A carta arrepiante de uma menina de 9 anos para a mãe que morreu

Ucrânia: A carta arrepiante de uma menina de 9 anos para a mãe que morreu

Galiya, uma menina de nove anos, está a emocionar o mundo com a carta arrepiante que escreveu à mãe que morreu vítima de um bombardeamento das tropas russas, na guerra na Ucrânia. Veja tudo.

Uma menina de nove anos, de nacionalidade ucraniana, escreveu uma carta arrepiante para a mãe, que morreu durante um bombardeamento por parte das tropas russas à cidade de Borodyanka, na Ucrânia. O texto, que foi escrito numa agenda, foi divulgado nas redes sociais por Anton Gerashchenko, o antigo ministro-adjunto do Interior da Ucrânia e atual conselheiro do ministério.

Ucrânia: Joe Biden usa termo “genocídio” para referir invasão russa
O Presidente dos EUA, Joe Biden, utilizou hoje pela primeira vez o termo “genocídio” para descrever a situação na Ucrânia e as consequências para a economia, desde o início da invasão russa (… continue a ler aqui)

Nas fotografias, pode ver-se a emotiva mensagem de Galiya para a mãe. “Mamã. Esta carta é um presente para ti no dia 8 de março. Se achas que me criaste em vão. Obrigada pelos melhores nove anos da minha vida. Sou muito grata a ti pela minha infância. És a melhor mãe do mundo. Nunca te esquecerei”, começou por escrever. “Quero que sejas feliz no céu. Desejo que vás para o céu. Iremos encontrar-nos no céu. Vou tentar o meu melhor para ser boa e ir para o céu também. Beijo-te, Galiya”, findou.

Pode ver aqui a carta que está a emocionar a Internet:

A guerra na Ucrânia começou a 24 de fevereiro, dia em que aconteceram os primeiros bombardeamentos por parte das tropas russas. Desde então, já morreram 1.800 civis e 2.439 ficaram feridos. Entre as vítimas estão centenas de crianças.

Texto: Mafalda Mourão; Fotos: Redes Sociais

Impala Instagram


RELACIONADOS