Filha de Nelson Mandela estava infetada com covid quando morreu

Zindzi Mandela, filha de Nelson Mandela, testou positivo à covid-19 antes de morrer, aos 59 anos

Filha de Nelson Mandela estava infetada com covid quando morreu

Filha de Nelson Mandela estava infetada com covid quando morreu

Zindzi Mandela, filha de Nelson Mandela, testou positivo à covid-19 antes de morrer, aos 59 anos

A filha de Nelson Mandela tinha covid-19 quando morreu, na segunda-feira, dia 13 de julho, num hospital em Joanesburgo, África do Sul. Zindzi Mandela, filha dos líderes anti-apartheid sul-africanos Nelson e Winnie Mandela, perdeu a vida aos 59 anos.

Foi o filho Zondwa Mandela que confirmou que a mãe deu positivo para o novo coronavírus no dia da partida. O vírus já matou mais de 4.400 pessoas na África do Sul.

Zindzi Mandela era embaixadora da África do Sul na Dinamarca. A filha de Nelson Mandela destacou-se quando, em 1985, leu em público uma carta, escrita pelo pai, Nelson Mandela, que rejeitava a proposta do apartheid de tentar negociar a liberdade do líder do Congresso Nacional Africano se este denunciasse os crimes praticados pelo ANC.

A leitura da carta foi transmitida em todo o mundo e Zindzi Mandela ficou para sempre associada à luta pela igualdade e liberdade das minorias.

LEIA MAIS Morreu José Garcês

Texto: Ricardina batista e Mafalda Mourão; Foto: DR

 

Impala Instagram


RELACIONADOS