Bebé Nevermind não desiste da queixa de pornografia infantil e quer Nirvana novamente em tribunal

Spencer Elden já recriou em diversas ocasiões a famosa capa de Nevermind em que aparece nu. Agora, e depois de já ter perdido um processo, quer os Nirvana novamente em tribunal.

Bebé Nevermind não desiste da queixa de pornografia infantil e quer Nirvana novamente em tribunal

Bebé Nevermind não desiste da queixa de pornografia infantil e quer Nirvana novamente em tribunal

Spencer Elden já recriou em diversas ocasiões a famosa capa de Nevermind em que aparece nu. Agora, e depois de já ter perdido um processo, quer os Nirvana novamente em tribunal.

Existe uma elevada probabilidade de que o nome Spencer Elden não lhe diga nada. Mas se dissermos que se trata do bebé Nirvana, tudo mudará de figura. Afinal, é o nome da criança que aparece nua na capa de Nevermind, álbum lançado em 1991 e que ainda hoje é visto como uma referência e um dos melhores trabalhos de todos os tempos. E se Spencer Elden é das pessoas mais famosas a ser capa de um álbum, é também das mais polémicas. Prova disso é que quer levar a banda novamente a tribunal.

Wednesday: Jenna Ortega revela ter gravado cena de dança infetada com covid
Jenna Ortega é a atriz do momento e muito se fala da cena de dança de Wednesay que se tornou viral. O que ninguém sabia é que a atriz estava doente (… continue a ler aqui)

Foi em agosto de 2021 que Spencer Elden acusou os Nirvana de distribuição de “pornografia infantil”. Exigia que todas as cópias do famoso disco com a sua fotografia fossem retiradas do mercado. A isto juntava-se o pedido de uma indemnização avultada. Já em Setembro deste ano o caso chegou ao fim com um juiz a dar razão ao grupo liderado pelo falecido Kurt Cobain.

“Se se sentem ofendidos por isto, são pedófilos no armário”

Mas Spencer Elden não desiste. Conta a Spin que os advogados do jovem deram entrada com um recurso. A sustentação é a lei norte-americana conhecida como Mashas´s Law que refere que vítimas de pornografia infantil têm o direito de pedir uma indemnização aos seus violadores já na idade adulta. Pode ler-se na revista que os advogados entendem que o Kurt Cobain “descreveu a sua visão horrenda da capa de Nevermind como uma manifestação dos seus distúrbios sexuais e emocionais”. Na época, o músico chegou a tecer duras críticas aqueles que ficavam chocados por ver a foto de um bebé de meses nu numa piscina. “Se se sentem ofendidos por isto, são pedófilos no armário”.

Por sua vez, só recentemente é que Spencer Elden se sentiu ofendido com a capa que lhe deu fama. Em 2016, quando o álbum assinalou os 25 anos, recriou a capa. Algo que também já tinha feito durante a adolescência.

Texto: Bruno Seruca

Impala Instagram


RELACIONADOS