Angelina Jolie realiza filme sobre massacre no Cambodja, onde nasceu o filho

Angelina Jolie é a realizadora do filme da Netflix – “Primeiro Mataram o Meu Pai” – que tem estreia marcada para dia 15 de setembro.

Angelina Jolie realiza filme sobre massacre no Cambodja, onde nasceu o filho

Angelina Jolie é a realizadora do filme da Netflix – “Primeiro Mataram o Meu Pai” – que tem estreia marcada para dia 15 de setembro.

Angelina Jolie é a realizadora do novo filme da Netflix , “Primeiro Mataram o Meu Pai”. O filme é uma adaptação de Loung Ung, autora e ativista dos direitos humanos cambodjana, que aborda, através do que presenciou e sentiu, as memórias daqueles que sobreviveram ao mortífero regime de Khmer Rouge, entre 1975 e 1978.

A história deste filme, realizado pela atriz de Hollywood, é baseada na experiência pessoal de Loung Ung’s. Começa quando a ativista tinha cinco anos, momento em que Khmer Rouge subiu ao poder, e termina aos seus nove anos. “Primeiro Mataram o Meu Pai” retrata então o espírito indomável e, a devoção de Loung e da sua família enquanto lutavam para se manterem juntos durante estes três anos.

Angelina Jolie tem uma ligação emocional à história do filme e ao local, uma vez que o seu filho mais velho, Maddox (15 anos), nasceu no Cambodja.

No seu nome original, First They Killed My Father para além de ser produzido por Angelina Jolie, é também produzido pelo aclamado realizador e produtor cambodjano Rithy Panh. Este foi realizador de The missing Picture e Michael Vieira (By The Sea), nomeado para um oscar.

Loung Ung, Maddox Jolie-Pitt, Adam Somner (Bridge of Spies) e Charles Schissel (The Prestige) são produtores executivos do filme e Anthony Dod Mantle (Slumdog Millionaire), vencedor da Academia dos oscares, é o diretor de fotografia.

“Primeiro Mataram o Meu Pai” só tem estreia marcada de setembro mas nós matamos-lhe um bocadinho da curiosidade. Veja o teaser oficial aqui!

 

Impala Instagram

Mais

RELACIONADOS