As imagens mais marcantes do funeral do príncipe Filipe

O funeral do príncipe Filipe aconteceu este sábado, 17 de abril. Harry e William juntos no final da cerimónia. Rainha sozinha na capela. Veja os momentos mais marcantes da cerimónia

As imagens mais marcantes do funeral do príncipe Filipe

As imagens mais marcantes do funeral do príncipe Filipe

O funeral do príncipe Filipe aconteceu este sábado, 17 de abril. Harry e William juntos no final da cerimónia. Rainha sozinha na capela. Veja os momentos mais marcantes da cerimónia

O funeral do príncipe Filipe aconteceu este sábado, 17 de abril, dentro dos terrenos do Castelo de Windsor.

O corpo do marido da rainha Isabel II esteve em câmara ardente numa capela privada dentro do castelo até à hora do cortejo fúnebre.

 

Por volta das 14 h45, a urna de Filipe foi colocada no Land Rover e seguiu em direção à Capela de São Jorge. Atrás dela seguiram membros seniores da família real: os filhos do duque, Carlos, Ana, André e Eduardo, mas também os irmãos William e Harry, que não seguem lado a lado – entre eles está o primo Peter Phillips. O Conde de Snowdon, filho da princesa Margarida, e Timothy Laurence, atual marido da princesa Ana, também fizeram parte do cortejo.

A rainha acompanhou o cortejo a bordo de um Bentley e acompanhada da sua aia.

Veja as imagens aqui.

Rainha isolada e William e Harry separados

O cortejo andou ao som de tambores e instrumentos de sopro. Soaram os canhões e os sinos da capela a assinalar cada minuto do percurso, que durou aproximadamente sete minutos.

À chegada à capela, cumpriu-se um minuto de silêncio nacional em honra do príncipe. O momento antecedeu o início do funeral, que contou apenas com 30 convidados, no interior da Capela de São Jorge.

O serviço foi conduzido pelo Deão de Windsor, David Conner, que elogiou “a bondade, o humor e a humanidade” de Filipe. “Fomos inspirados pela sua lealdade inabalável à nossa rainha, pelo seu serviço à nação e à comunidade, pela sua coragem, força moral e fé”, disse, ainda.

Este não é um funeral de Estado, mas sim real, no qual existiu, a pedido do Duque de Edimburgo, nem sermão nem elogio fúnebre.

No interior da capela, Isabel II ocupou a o seu lugar habitual, à direita do altar, na ponta da segunda fila, agora sozinha, sem o duque de Edimburgo ao seu lado. William, que está acompanhado pela mulher Kate Middleton, e Harry, sentam-se em lados opostos da nave central da capela, com este último na outra extremidade da fila onde está sentada a rainha.

Irmãos William e Harry juntos no fim

Depois do tocador de gaita de foles ter soado, a urna de Filipe desceu, com a ajuda de um elevador, até ao jazigo subterrâneo, construído há 200 anos por Jorge II, a cinco metros de profundidade.
Os seus restos mortais só deixarão a Capela de São Jorge aquando da morte da rainha. Aí o casal será sepultado, lado a lado, na Capela Memorial Rei Jorge VI.

A cerimónia teve a duração de cerca de 50 minutos. E a monarca foi a primeira a abandonar a capela.

No final da cerimónia, Harry, William e Kate juntaram-se e caminharam lado a lado. A duquesa de Cambridge afastou-se por momentos e deixou os irmãos a sós, a conversar um com o outro.

Um momento simbólico, sobretudo após a polémica entrevista que Harry e Meghan deram a Oprah Winfrey e que terá estado na origem de uma eventual tensão entre os príncipes.

Fotos: Reuters

Impala Instagram


RELACIONADOS