Bárbara Bandeira contrata segurança. Saiba quais os principais receios da cantora

Bárbara Bandeira, 21 anos, é um fenómeno de popularidade. A cantora, filha de Rui Bandeira, alcançou o sucesso através da música mas nem tudo é um mar de rosas.

Bárbara Bandeira contrata segurança. Saiba quais os principais receios da cantora

Bárbara Bandeira contrata segurança. Saiba quais os principais receios da cantora

Bárbara Bandeira, 21 anos, é um fenómeno de popularidade. A cantora, filha de Rui Bandeira, alcançou o sucesso através da música mas nem tudo é um mar de rosas.

Bárbara Bandeira denunciou que estava a ser perseguida por um fã, no final do ano, e que tal lhe causou algum transtorno. «Ele apareceu num concerto meu há um ano. O meu pai já me tinha dito que havia um rapaz que tinha ido falar com ele a dizer que namorava comigo e que as minhas musicas eram para ele. O meu pai desvalorizou. Mas nesse concerto o rapaz veio falar comigo muito nervoso, tinha uma cicatriz gigante na cara, os olhos dele eram assustadores e tornou-se um pouco agressivo tanto comigo como com a minha mãe. Teve de ser expulso…», começa por explicar Bárbara à margem do evento Garnier Fructis hair food, em Lisboa.

LEIA DEPOIS
Cristiana Jesus apanha bactéria através da água: «O meu bebé está bem»

«Ele começou a mandar-me mensagens a dizer que se ia suicidar caso eu não o quisesse. Achei melhor tornar o caso público e às autoridades», conta a cantora que teve de apresentar queixa à polícia. «Acabei por ir à polícia. O rapaz nunca mais apareceu, tive notícias dele através de pessoas da zona onde mora. Ele tem problemas e já foi internado algumas vezes. Ele vive num mundo à parte e tem esta fixação por mim e que tem uma relação comigo.

Por exemplo, o videoclip que tenho na estação de metro, ele acha que esteve lá comigo», explica, para depois acrescentar: «Ele nunca mais apareceu. Penso que as pessoas da escola dele também o chamaram à razão, tem 23 anos. O que me disseram da polícia é que se a minha equipa já está avisada, caso ele apareça chamo a polícia. Eu tive de falar com as pessoas porque houve um concerto que eu estava com muito medo que ele aparecesse.»

Cantora nunca revelou a identidade da pessoa que a perseguia

Apesar de ter tornado o caso público, Bárbara Bandeira nunca revelou a identidade da pessoa que a perseguia. «Não quero que o rapaz seja motivo de bulling. Não quero que naquela terrinha olhem para ele a pensar que ele me persegue, ainda que ele tenha esta fixação. Enquanto ele não me fizer mal eu não tenho o direito de de desvendar o nome dele», sublinha.

Bárbara assume que este medo lhe condicionou a vida e que teve mesmo de contratar um segurança. «Nesses primeiros dias fiquei com algum receio, olhei mais para trás na rua, não andei muito sozinha. Ainda por cima agora moro sozinha. Fiquei a bater mal durante uma noite. Mas entretanto quando fui à polícia e contratei uma pessoa para andar comigo fiquei mais tranquila», explica a cantora.

«Curioso é que na polícia não foi acionada qualquer medida de coação»

Curioso é que Bárbara já trabalhava com este segurança sem saber. «Este senhor sempre trabalhou comigo, mas como motorista. Eu descobri que ele também tinha o curso de proteção pessoal e acabámos por juntar o útil ao agradável. Às vezes até podem achar que é arrogância da minha parte agora andar com um segurança, mas para me sentir bem e segura e fazer bem o meu trabalho, eu preciso de me sentir segura. Quero estar tranquila em cima do palco, se eu estiver nervosa toda a gente vai perceber», sublinha.

«O meu trabalho é muito exposto, a qualquer momento as pessoas podem estar comigo. Este rapaz pode comprar um bilhete para o Coliseu e estar comigo e eu vou fazer o quê?» Curioso é que na polícia não foi acionada qualquer medida de coação. «Eu estava à espera que houvesse uma medida de coação, mas não foi possível. Porque enquanto o rapaz não me fizer nada eu também não  posso fazer nada. Eu até perguntei se tinha de esperar que ele me faça alguma coisa?», brinca.

Namorado e pai preocupados

Kasha e os pais mostraram-se preocupados com esta perseguição. «O Kasha sabe de tudo desde o início. ele foi comigo à polícia. Ele é muito protetor, mas a partir do momento em que eu tenho uma pessoa que me acompanha na estrada e que qualquer coisa está treinado para entrar em ação, ele fica mais descansado, ele e os meus pais», frisa. Recorde-se que Bárbara Bandeira vai estar no Coliseu dos Recreios, Lisboa, a 23 de maio onde vai ter muitas surpresas.

Texto: Ana Lúcia Sousa; Fotos: Paula Alveno

LEIA MAIS
Meteorologia: Previsão do tempo para esta segunda-feira, 10 de fevereiro
Pedro Teixeira confessa fazer sexo para manter a forma física

Impala Instagram


RELACIONADOS