Nove dicas para uma alimentação saudável. Mesmo nas férias

Ir de férias não tem de significar deixar a alimentação saudável de lado. Existem nove dicas que pode seguir, até nas férias.

Nove dicas para uma alimentação saudável. Mesmo nas férias

Nove dicas para uma alimentação saudável. Mesmo nas férias

Ir de férias não tem de significar deixar a alimentação saudável de lado. Existem nove dicas que pode seguir, até nas férias.
Manter uma alimentação saudável é importante mas nem sempre é fácil. Segundo as Farmácias Portuguesas, existem algumas «regras de ouro» que são essenciais para um estilo de vida equilibrado e pode segui-las mesmo durante as férias.

Nove dicas para uma alimentação equilibrada

Tomar sempre o pequeno-almoço
Segundo a informação das Farmácias Portuguesas, esta refeição é muito importante para iniciar o dia tem influência na capacidade de raciocínio. Cereais e derivados de laticínios e frutas devem ser incluídos. As fontes de cereais (pão, bolachas, tostas ou cereais de pequeno-almoço) devem ser preferencialmente de cor escura, por serem mais ricos em fibras, vitaminas e minerais. Os laticínios fornecem proteínas de alto valor biológico e a fruta confere vitaminas.
Fazer cinco a seis refeições por dia, sem saltar nenhuma
É aconselhado não estar mais do que três horas e meia sem comer. De forma a evitar erros alimentares, é importante planear as refeições anteriormente.
Consumir alimentos variados
A variedade é muito importante para manter o equilíbrio. Saiba o tipo de alimentos e a quantidade recomendada de todos os grupos necessários.
Começar a refeição com sopa de legumes
A sopa de legumes é um alimento rico em fibra que aumenta a saciedade, controla o apetite, controla os níveis de colesterol e glicemia sanguíneos. Tem ainda um papel muito importante no bom funcionamento do trânsito intestinal.
Aumentar o consumo de alimentos ricos em fibra
Alimentos ricos em fibra como cereais integrais, leguminosas, produtos hortícolas e frutos da época são uma excelente fonte de fibra. Consumir três a cinco porções de fruta e três a cinco porções de hortícolas por dia.
Consumir quantidades moderadas de gorduras

Preferir óleos vegetais insaturados – azeite, soja, girassol ou milho – em vez de gorduras animais ou óleos com elevado teor de gorduras saturadas – óleo de coco ou palma. As carnes brancas são uma melhor opção do que as vermelhas. Evitar alimentos processados ou fritos e, sempre que possível, escolher leite e laticínios meio-gordos ou magros.

Ingerir menos açúcar e sal

Temperar os alimentos com cebola, alho, tomate, pimento e ervas aromáticas é preferível a outros temperos que levam uma quantidade elevada de sal. Para petiscar, opte por frutos frescos em vez de alimentos açucarados ou doces. O elevado consumo de sódio e baixos níveis de potássio no organismo pode levar a um aumento de pressão arterial e, por consequência, risco de doença cardíaca.

Ingerir água

É recomendado um consumo de água abundante. Pelo menos, um litro e meio a três litros por dia, dependendo da atividade física e das condições de temperatura.

Reduzir o consumo de álcool

LEIA MAIS
Oito passos para combater o cansaço diário

Impala Instagram


RELACIONADOS