As sardas estão na moda. Rita Pereira pinta-as, mas há quem as tatue

O ar natural de uma cara com sardas é há muito cobiçado por mulheres que não nasceram naturalmente com os pontinhos. Agora, para além de as pintarem com maquilhagem, as mulheres estão também a tatuá-las

Quem tem sardas, normalmente quer disfarçá-las… Quem não as tem, arranja mil e uma formas de envergar os pontinhos.

As fake freckles (falsas sardas) são já uma tendência faz muito tempo. Pintadas no rosto com maquilhagem, podem ser conseguidas recorrendo-se ao uso de um pincel de ponta fina e macia. A pintura das sardas deve ser dois tons de pele acima do seu e também já existem lápis para o efeito específico. As sardas deixaram de ser só para as pessoas ruivas e de pele clara,  e Rita Pereira é uma das famosas portuguesas que já assumiu ter aderido a esta tendências.

Rita Pereira assume pintar sardas na cara.

Mas a moda pegou e criar sardas todos os dias está a aborrecer as mulheres, que decidiram começar a tatuá-las. Inicialmente, logo após a tatuagem, a pigmentação é bastante escura, sendo que assim que a ferida sara, ganha um aspecto mais natural.

Mas se pensa aderir à tendência, não se esqueça: uma pele tatuada é uma pele mais sensível. Redobre cuidados de protecção solar e de hidratação.

Veja a galeria!

 

 

Mais

RELACIONADOS

As sardas estão na moda. Rita Pereira pinta-as, mas há quem as tatue

O ar natural de uma cara com sardas é há muito cobiçado por mulheres que não nasceram naturalmente com os pontinhos. Agora, para além de as pintarem com maquilhagem, as mulheres estão também a tatuá-las