Mitos e verdades sobre o alisamento de cabelos

Não perder tempo todas as manhãs para ficar com o cabelo impecável é o que leva as mulheres a optar por este procedimento. Mas sabe tudo sobre esta técnica?

Mitos e verdades sobre o alisamento de cabelos

Mitos e verdades sobre o alisamento de cabelos

Não perder tempo todas as manhãs para ficar com o cabelo impecável é o que leva as mulheres a optar por este procedimento. Mas sabe tudo sobre esta técnica?

Muito em voga nos salões de cabeleireiro, os alisamentos são cada vez mais procurados pelas mulheres que não querem perder tempo a esticar o cabelo diariamente, pois sabem que não só ganham tempo como ainda entendem que é menos prejudicial para a saúde dos fios. Se está a pensar fazer este procedimento, temos algumas respostas para si.

O que impede a técnica?

Quando os cabelos têm um aspeto seco e quebradiço, a cliente deve ser aconselhada a tratar deles antes de qualquer processo. Noventa por cento do sucesso do resultado de uma técnica de alisamento depende unicamente da resistência e da humidade do cabelo. Não basta hidratar o cabelo, é preciso reconhecer as necessidades do mesmo e ter formação química para conseguir preparar o fio e garantir que o cabelo poderá ser submetido à técnica escolhida sem riscos.

Qualquer pessoa pode fazer?
À partida podemos dizer que sim, mas o ideal é primeiro ser realizada uma consulta com a cliente, para que seja analisado o cabelo, considerando o tipo de fio e o grau de intensidade das ondas, o comprimento, a quantidade, o histórico do cabelo, ou seja, identificar se passou por processos químicos, considerando a porosidade e o estado em que se encontra em toda a sua extensão. Cada caso requer uma aplicação específica.

O procedimento é sempre o mesmo?
Como noutras áreas da beleza e da estética, nos cabelos há uma evolução constante. Atualmente, os tratamentos para alisar mais procurados são os de relaxamento e alisamento. Os produtos destinados a realizá-los atuam quebrando as ligações das moléculas capilares, deixando-os numa nova posição e modificando o formato dos cabelos. Atualmente, os produtos são formulados a partir de diferentes substâncias, testadas e aprovadas.

Os fios perdem a cor?
O desbotamento, ou perda de cor, pode ocorrer. No entanto, não é provocado pelo produto aplicado. A mudança de tom após os procedimentos ocorre devido à oxidação dos cabelos, causada pela alta temperatura das pranchas. Em cabelos pintados, as pranchas devem ser utilizadas na temperatura máxima de 200° C. Acima disso pode desbotar.

Quanto tempo dura?

Para além da técnica aplicada, a qual varia desde o princípio ativo até o tipo da estrutura do fio, a cliente deverá estar ciente que a durabilidade do efeito liso também dependerá da escolha dos produtos para a manutenção do pós-alisamento:

– Evitar champôs e finalizantes com queratina. O uso consecutivo de produtos à base de queratina poderá causar efeito de ressecamento ao fio.

– Evitar champô sem sal, o uso consecutivo do champô sem sal provoca oleosidade ao fio.

– Não lavar o cabelo com água quente.

– Não utilizar cosméticos à base de silicones e parabenos.

– Não efetuar cortes com “navalhas” em processos de alisamentos.

– Não efetuar aplicação de técnicas de cauterização/ queratinização ao cabelo pós-alisamento.

Saiba que… … o ser humano possui em média 100 000 fios de cabelo.
– Os ruivos têm 90 000.
– Os morenos têm 110 000.
– Os louros têm 140 000.

 

Impala Instagram


RELACIONADOS