7 objectos que deve tirar das mãos (ou da boca) do seu filho

Todos queremos o melhor para os nossos filhos mas é impossível protegê-los a tempo inteiro. Saiba quais são os 7 objectos mais sujos, que rodeiam diariamente o seu filho.

7 objectos que deve tirar das mãos (ou da boca) do seu filho

Todos queremos o melhor para os nossos filhos mas é impossível protegê-los a tempo inteiro. Saiba quais são os 7 objectos mais sujos, que rodeiam diariamente o seu filho.

Os germes são organismos microscópicos, invisíveis a olho nu, que existem por todo o lado. Apesar de a maioria dos germes serem inofensivos para o ser humano, algumas superfícies podem estar repletas de bactérias prejudiciais para os mais novos. A verdade é que por mais que queira proteger sempre o seu filho, nunca será possível conseguir estar sempre em controlo. A pensar em todos os pais, reunimos os 7 objectos mais sujos em que, geralmente, as crianças tocam, agarram ou colocam na boca. Assim, poderá ter mais atenção à higiene destes objectos ou afasta-los mesmo da vida do seu filho. Contribua para um ambiente mais seguro e saudável, sem ter de estar sempre alerta do que os seus filhos estão a fazer.

Lembre-se de que a prevenção é a melhor amiga

1. Cadeirinha do carro

A principal função de uma cadeira de criança para o carro é  proteger. Esta ideia pode não ser totalmente verdadeira, visto que estas cadeirinhas têm o dobro dos germes de uma sanita, segundo um estudo realizado pelo Universidade de Birmingham.

Por isso, passe a limpar regularmente este trono de germes. Lembre-se de consultar as instruções da cadeira, tendo em conta que, normalmente, são produzidas em materiais e tecidos diversificados que devem ser limpos da forma mencionada no manual para bons resultados.

2. Secretária da escola

Basta imaginarmos uma sala de aula com crianças, para percebermos que uma secretária de escola é um foco de germes. Um estudo conduzido na Universidade do Arizona, concluiu que uma mesa pode estar infestada de bactérias como a e.coli, salmonela e estreptococo. Solução? coloque umas toalhitas desinfectantes na mochila do seu filho e explique-lhe como as usar.

3. Mochila

A  mochila é como um companheiro de aventuras do seu filho. Como ela, as crianças, correm e caem, para além de as atirarem para o passeio, o chão da casa de banho pública, o chão da escola, etc.

Apesar de não poder prevenir estas situações, pode lavar regularmente a mochila do seu filho. Para uma limpeza completa, experimente colocar a mala de molho em água morna com sabão azul e depois passe com pano para retirar os últimos restos de sujidade.

4. Aparelhos electrónicos

Sempre que vir o seu filho prestes a colocar o tablet, o ecrã do computador, o telemóvel ou o comando da televisão na boca, lembre-se que é equivalente ao seu filho estar a lamber o tampo da sanita. No caso dos telemóveis , tablets e outros aparelhos electrónicos transportáveis basta lembrar-se por onde estes andam e quantas pessoas costumam tocar-lhes por dia. Mas no caso dos teclados, faça a experiência: vire ao contrário o teclado e veja a quantidade de sujidade que sai dele.

Para evitar a acumulação de germes nestes objectos limpe uma vez por semana com desinfectante ou álcool etílico.

5. Torneiras e puxadores de portas

As torneiras são uma das superfícies da casa com mais bactérias, tal como, os puxadores de portas. Sendo pontos de contacto partilhados por várias pessoas, rapidamente, se tornam colónias de germes. As torneiras são sem dúvida, dos lugares mais propícios, visto que é onde tocamos antes de lavar a própria sujidade das nossas mãos.

Sabendo isto, nunca se esqueça de usar um spray desinfectante neste sítios sempre que limpar a casa.

6. Toalhas

Segundo uma pesquisa realizada pela Universidade do Kansas, as toalhas de mão são o principal foco de contaminação numa cozinha. Apesar de ser uma taxa menos elevada, nas toalhas de mãos das casas de banho, ou nas toalhas de banho, a verdade é que muitas vezes limpamos as mãos limpas a uma toalha contaminada, sem sabermos.

Lave regularmente as toalhas de sua casa e, sempre que possa, substitua a toalha por folhas de papel descartáveis.

7. Bebedouros

Os bebedouros nas escolas e as fontes públicas são um dos objectos mais imundos que podemos imaginar. Por isso, dê sempre ao seu filho uma garrafa de água para andar na mochila.  Compre uma garrafa divertida reutilizável. Assim, o hábito de beber água da garrafa  será uma acção mais apelativa para o seu filho, sem deixar de ser amigo do ambiente.

Impala Instagram

Mais

RELACIONADOS