Saiba quais foram os leilões com maior licitação no último ano

Um sofá foi arrematado por 1,6 milhões de dólares e foi o oitavo artigo arrematado entre os leilões com mais lucro no último ano. Por mais absurdo que pareça, este valor foi completamente ofuscado por um quadro de Picasso.

Saiba quais foram os leilões com maior licitação no último ano

Um sofá foi arrematado por 1,6 milhões de dólares e foi o oitavo artigo arrematado entre os leilões com mais lucro no último ano. Por mais absurdo que pareça, este valor foi completamente ofuscado por um quadro de Picasso.

No ano passado, os tokens não fungíveis ou NFT – ativos tecnológicos que servem como identidade digital – não estavam apenas no centro das discussões sobre o futuro de uma Internet mais descentralizada e o ressurgimento de esquemas de pirâmide e golpes em espaços digitais. Havia também rumores de que pudessem perturbar completamente o mercado da Arte. Enquanto as 10 pinturas mais vendidas em leilões em 2021 incluíram a venda por 69 milhões de dólares (65,6 milhões de euros) do agora famoso Everydays: The First 5000 Days, do artista digital Mike “Beeple” Winkelmann, Femme Assise Près d’une Fenêtre, pintado em 1932 por Pablo Picasso, ofuscou por completo a lista de recordes, ao ser adquirido por 103,4 milhões de dólares (98,3 milhões de euros), em maio de 2021. Como mostra o gráfico no final do artigo, com valores em dólares, os maiores arremates noutras categorias ficam praticamente nos calcanhares da obra de Picasso, segundo dados da Knight Frank.

Para ler depois
Saiba quais são os 20 videojogos mais viciantes do mundo
A pandemia fez disparar o número utilizadores de videojogos e agravou o problema da adição eletrónica. Saiba quais são os 20 mais viciantes do mundo (… continue a ler aqui)

Em segundo lugar está o lote que contém o texto final da Constituição dos Estados Unidos, vendido por 43,2 milhões de dólares (41 milhões de euros) e, curiosamente, também envolveu um tipo de entidade associada à web descentralizada – ou web3 – a DAO. O acrónimo significa organização autónoma descentralizada e pode ser comparado a uma empresa de capital aberto sem administração para dirigir a corporação de acordo com os interesses dos acionistas e cujos cofres são preenchidos pelos membros que compram tokens de governança ou moedas associadas e que, por sua vez, obtêm privilégios de voto em cada decisão de acordo com sua parte na organização.

Devido a todas as transações que ocorrem no blockchain, este modo de corporação pode ser visto como mais transparente do que as empresas tradicionais. Embora o modelo ainda favoreça os acionistas maioritários, é difícil chegar ao topo se não se conhecerem bem processos como lances em itens de leilão. Notavelmente, muitos dos membros da organização ConstitutionDAO não recuperaram os investimentos, uma vez que os custos de transação, também chamados de taxas, consumiram qualquer valor restante do, em termos de mercado, token.

Outros artigos ​​​​na lista dos maiores arremates em leilão por categoria em 2021 incluem o revólver usado para matar Billy the Kid, em 1881, vendido por 6 milhões de dólares (5,7 milhões de euros) e estabeleceu um recorde mundial em leilões de armas de fogo. Um desportivo McLaren F1 de 1995 é outra das loucuras cometidas em leilões multimilionários e que trocou de mãos por 20,5 milhões de dólares (19,5 milhões de euros), bem como a moeda Double Eagle de 1933, última moeda de ouro criada pela Casa da Moeda dos Estados Unidos a ser legalmente de propriedade de um particular, que acabou adquirida por 18,9 milhões de dólares (18 milhões de euros).

Infographic: The Record-Breaking Auctions of 2021 | Statista

Statista

Impala Instagram


RELACIONADOS