As pessoas com boa memória são as mais inteligentes?

Uma das habilidades mais usadas no dia a dia é a memória. A capacidade de guardar e recuperar informações é essencial para a nossa sobrevivência, mas isso torna-nos mais inteligentes?

As pessoas com boa memória são as mais inteligentes?

As pessoas com boa memória são as mais inteligentes?

Uma das habilidades mais usadas no dia a dia é a memória. A capacidade de guardar e recuperar informações é essencial para a nossa sobrevivência, mas isso torna-nos mais inteligentes?

Recentemente, um estudante brasileiro de 17 anos entrou para o Guinness Book depois de bater o recorde de maior quantidade decorada de dígitos do número de Euler (número matemático com infinitas casas decimais). Que tem boa memória é inquestionável, mas apesar do feito incrível, significa que o adolescente tem alto Quociente de Inteligência (QI)?

“As pessoas acreditam que a facilidade de memorização está ligada à inteligência, e não estão totalmente erradas nesse aspeto”, diz Fabiano de Abreu Rodrigues, filósofo e cientista. “Existe uma relação entre elas pelo fato de as ligações entre as sinapses de alguém com alto QI serem mais rápidas, culminando numa maior memória.”

A capacidade de memória torna-nos mais inteligentes?

O contrário, porém, não segue a mesma regra. “Apenas a memória não significa que se tenha uma personalidade inteligente, sendo necessário realizar testes específicos para o determinar”, acentua. “Nem sempre a memorização é totalmente benéfica. O esquecimento também é importante para o bom funcionamento cerebral.”

De acordo com uma pesquisa publicada pelo Neuro Journal, “as pessoas mais inteligentes são mais propensas a esquecer, pois o hipocampo, região responsável pelo armazenamento das memórias, precisa de ser ‘limpo’ para que o seu funcionamento seja otimizado e o cérebro possa direcionar melhor a sua energia”. Assim, as pessoas com boa memória são as mais inteligentes? (… continue a ler aqui)

Impala Instagram


RELACIONADOS