Eurovisão: Rita Ferro Rodrigues critica escolha de apresentadoras. Nós apresentamos alternativas

Apresentadora critica falta de «diversidade» nas escolhas para a apresentação do Festival Eurovisão da Canção 2018.

Eurovisão: Rita Ferro Rodrigues critica escolha de apresentadoras. Nós apresentamos alternativas

Apresentadora critica falta de «diversidade» nas escolhas para a apresentação do Festival Eurovisão da Canção 2018.

Rita Ferro Rodrigues, apresentadora da SIC e fundadora da plataforma feminista Capazes, criticou a escolha do painel de apresentadoras do Festival Eurovisão da Canção 2018.

No Twitter, Rita Ferro Rodrigues apontou o facto de, tanto em 2017, na Ucrânia, como em 2018, o painel de apresentação ser composto apenas por «pessoas brancas». As anfitriãs do certame serão Daniela Ruah, Catarina Furtado, Sílvia Alberto e Filomena Cautela.

 

Um festival com pouca diversidade

 

Nos 63 anos anos de história do Festival Eurovisão da Canção foram apenas cinco os apresentadores – todas mulheres – não brancos a apresentar o certame.

 

Viktor Lazlo (1987)

A cantora franco-belga de ascendência caribenha apresentou o Festival Eurovisão da Canção em 1987, na Bélgica.

 

Nadia Hasnaoui (2010)

A apresentadora norueguesa, filha de pai marroquino, foi uma das anfitriãs do Festival Eurovisão da Canção 2010, em Oslo.

 

Haddy N’jie (2010)

A cantora, escritora e jornalista norueguesa, filha de pai gambiano, também foi apresentadora do Festival Eurovisão da Canção 2010

 

Alice Tumler (2015)

A austríaca, filha de pai esloveno-italiano e mãe francesa, com ascendência caribenha, foi uma das apresentadoras da Eurovisão em 2015

eurovisao apresentadores raça

 

Arabella Kiesbauer (2015)

A apresentadora germano-austríaca também conduziu o certame em 2015. Arabella tem ascendência ganesa.

eurovisao apresentadores raça

 

 

E se fosse em Portugal?

Analisando os 63 anos de história do Festival Eurovisão da Canção, será possível aferir uma falta de diversidade na escolha dos apresentadores. Seguimos o raciocínio de Rita Ferro Rodrigues e fomos à procura de figuras públicas portuguesas que pudessem preencher os requisitos de «representatividade».

Percorra a galeria e veja quais seriam as possíveis alternativas a Catarina Furtado, Daniela Ruah, Sílvia Alberto e Filomena Cautela.

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS