Em Espanha, Salvador Sobral já ganhou a Eurovisão

Imprensa espanhola não poupa elogios a Salvador Sobral e coloca Amar Pelos Dois na pole position para vencer Festival Eurovisão da Canção.

Em Espanha, Salvador Sobral já ganhou a Eurovisão

Imprensa espanhola não poupa elogios a Salvador Sobral e coloca Amar Pelos Dois na pole position para vencer Festival Eurovisão da Canção.

Com uma música que teve tanto de polémico como de medíocre, Espanha canaliza as esperanças eurovisivas para Salvador Sobral. No rescaldo da primeira semifinal, e apesar de o seu representante, Manel Navarro, estar automaticamente apurado para a final, os media espanhóis não têm dúvidas na hora de indicar qual o favorito à vitória: Portugal.

Escreve a Hola! que Salvador Sobral “se consolida como favorito à vitória”, estando cada vez mais perto da Itália, a proto-vencedora da 62ª edição do Festival Eurovisão da Canção. “O português Salvador Sobral vai escalando posições e ganhando simpatias com a sua balada Amar Pelos Dois, que escreveu as primeiras linhas de uma nova história na participação do país luso”.

O diário El Mundo destaca a conquista “a pulso” deste favoritismo e recorda que o Centro Internacional de Exposições de Kiev se quedou em silêncio absoluto para ouvir Amar Pelos Dois. “E tudo isto sem se mover, à exceção de um ou outro salto entre as gargalhadas do público durante a interpretação de Amar Pelos Dois, um tema com laivos de bossa nova cantado em português, um plus num festival que há muito tempo que se rendeu ao inglês”.

O diário digital El Español vai mais longe, com o apoteótico título “Europa rendida a Portugal no regresso à Eurovisão”.  A peça, toda ela elogiosa para o músico português de 27 anos, recorda que, nos últimos 10 anos, Portugal só conseguiu apurar-se para a final do certame de música três vezes. “No ano passado Portugal decidia não participar no Festival devido à sua situação económica. Parece que o descanso lhes fez muito bem”.

Ingleses dizem que Portugal “fez batota”

Com a fleuma habitual, ainda mais apurada na competição kitsch que é a Eurovisão, a crónica do diário The Telegraph elogia, à maneira britânica, Salvador Sobral. “Portugal pareceu um potencial vencedor, não acharam? Apesar de que enviar uma canção artística e maravilhosamente bem feita à Eurovisão seja, tecnicamente, fazer batota”.

O diário britânico diz ainda que Salvador Sobral “enfeitiçou o público” e deixa no ar a grande questão. “Poderá Portugal ser o vencedor-surpresa este fim-de-semana?”.

Salvador Sobral está em segundo lugar das bolsas de apostas para a vitória da Eurovisão, atrás da Itália, representada por Francesco Gabbani.
Fotos: Reuters

Impala Instagram

Mais

RELACIONADOS