Carmen Electra, a sex symbol dos anos 90 que decide vender conteúdos ousados aos 50

Carmen Electra, sex symbol dos anos 90 que brilhou em Marés Vivas, decide começar a vender conteúdo ousado aos 50 anos.

Carmen Electra, a sex symbol dos anos 90 que decide vender conteúdos ousados aos 50

Carmen Electra, sex symbol dos anos 90 que brilhou em Marés Vivas, decide começar a vender conteúdo ousado aos 50 anos.

Carmen Electra é vista como uma das musas mais sensuais dos anos 90. E agora, a atriz de 50 anos, é um dos reforços do OnlyFans, plataforma que se destaca pela comercialização de conteúdos para adultos. Foi a norte-americana, que brilhou em séries como Marés Vivas, quem deu a novidade aos fãs.

Caprice Bourret, a atriz que suborna filhos para fazer sexo em paz
Caprice Bourret revela que ela e o marido são “como coelhos” no sexo e assume ter subornado os filhos para fazer sexo em paz (… continue a ler aqui)

O assunto foi desenvolvido pelo site Page Six, que refere que a sex symbol irá comercializar “acesso exclusivo a conteúdo divertido, ousado e lúdico”. Já no último aniversário, celebrado a 20 de abril, Carmen Electra tinha feito saber que estava a iniciar-se um “novo capítulo comemorativo da sua vida”, que daria início a uma nova forma de estar em contacto com os fãs.

Carmen Electra diz que os 50 anos dão início a um “novo capítulo comemorativo da sua vida”

Existem notícias que associam esta decisão ao facto de o nome de Carmen Electra ser cada vez mais pesquisado no PornHub, aquele que é o maior agregador mundial de filmes para adultos. Sendo que estas pesquisas estão associadas ao facto de ter aparecido no documentário The Last Dance, da Netflix, que é centrado em Michael Jordan e nos Chicago Bulls. No formato, Carmen Electa fala sobre o casamento com o antigo basquetebolista Dennis Rodman e com o facto de ambos terem sido apanhados a fazer sexo por Jordan.

Texto: Bruno Seruca; Fotos: Reprodução Instagram e reprodução IMDb

Impala Instagram


RELACIONADOS