Wimbledon: Djokovic ultrapassa Norrie e segue para a final com Kyrgios

O tenista sérvio Novak Djokovic ultrapassou hoje o britânico Cameron Norrie nas meias-finais de Wimbledon, terceiro ‘major’ da época, e marcou duelo com o australiano Nick Kyrgios no encontro do título, em All England Club.

Wimbledon: Djokovic ultrapassa Norrie e segue para a final com Kyrgios

Wimbledon: Djokovic ultrapassa Norrie e segue para a final com Kyrgios

O tenista sérvio Novak Djokovic ultrapassou hoje o britânico Cameron Norrie nas meias-finais de Wimbledon, terceiro ‘major’ da época, e marcou duelo com o australiano Nick Kyrgios no encontro do título, em All England Club.

O primeiro cabeça de série nem entrou bem no ‘court’ central, sofrendo três ‘breaks’ no primeiro ‘set’, mas conseguiu reagir e a dar a volta ao anfitrião, nono pré-designado, a jogar a primeira meia-final de um ‘major’, e vencer em quatro partidas, pelos parciais de 2-6, 6-3, 6-2 e 6-4.

Depois de se colocar em vantagem no marcador, Cameron Norrie, de 26 anos, não foi capaz de resistir ao quarto ponto de ‘break’ enfrentado no segundo ‘set’ e, no oitavo jogo, acabou por ver o seu serviço quebrado e o tenista de Belgrado a equilibrar o marcador.

Djokovic, campeão em título e à procura do quarto troféu consecutivo, manteve o ascendente, entrou mais forte no terceiro parcial e, com dois ‘breaks’, no primeiro e quinto jogo, assumiu o comando do desafio, que acabaria por fechar no quarto ‘set’, ao fim de duas horas e 35 minutos na relva londrina.

Com 38 ‘winners’ contra 28 erros não forçados, o número três mundial, detentor de seis títulos de Wimbledon, assegurou o regresso, pela oitava vez, à final e um duelo com o estreante Nick Kyrgios, que beneficiou da desistência do espanhol Rafael Nadal, com uma rutura abdominal, para garantir a presença, pela primeira vez na carreira, no embate do título de um torneio do Grand Slam.

Enquanto Cameron Norrie perdeu a oportunidade da se tornar no segundo britânico a jogar o encontro decisivo em All England Club, depois de Andy Murray, Novak Djokovic vai, aos 35 anos, disputar a sua 32.º final de ‘major’ e lutar pelo 21.º ‘major’ da carreira, tentando assim aproximar-se dos 22 troféus de Nadal, recordista do Grand Slam.

SRYS // AJO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS