Volta a Itália convida Bardiani, Eolo-Kometa e Vini Zabù para edição de 2021

A organização da Volta a Itália em bicicleta anunciou hoje que endereçou os três convites a equipas de fora do escalão WorldTour às italianas Bardiani-CSF, Eolo-Kometa e Vini Zabù, que vão estar na partida em 08 de maio.

Volta a Itália convida Bardiani, Eolo-Kometa e Vini Zabù para edição de 2021

Volta a Itália convida Bardiani, Eolo-Kometa e Vini Zabù para edição de 2021

A organização da Volta a Itália em bicicleta anunciou hoje que endereçou os três convites a equipas de fora do escalão WorldTour às italianas Bardiani-CSF, Eolo-Kometa e Vini Zabù, que vão estar na partida em 08 de maio.

Para correr o Giro foi também automaticamente convidada a Alpecin-Fenix, a quarta equipa do escalão ProTour, uma vez que liderou o ‘ranking’ destas equipas em 2020, ganhando um convite.

Se Bardiani e Vini Zabù são uma presença mais assídua, esta será a estreia em grandes voltas da Eolo-Kometa, gerida pelos antigos ciclistas Alberto Contador e Ivan Basso, que contam com o português Daniel Viegas nas fileiras.

As outras três formações beneficiaram de um ‘wild card’ por parte dos organizadores da ‘corsa rosa’, que assim deixam de fora a Arkéa Samsic, do colombiano Nairo Quintana (vencedor em 2014), e a Androni Giocattoli-Sidermec, habitual participante na prova.

Automaticamente inscritas na prova, que decorre entre 08 e 30 de maio, estão as equipas do escalão WorldTour, entre elas a INEOS, do vencedor de 2020, o britânico Tao Geoghegan Hart, a Deceuninck-QuickStep, que teve João Almeida como líder durante 15 dias e no quarto lugar final, e a Education-First-Nippo, do vencedor da montanha do ano passado, o português Ruben Guerreiro.

SIF // AMG

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS