Vitória Setúbal quer

Vitória Setúbal quer “quebrar jejum” de 35 anos sem vencer o FC Porto no Bonfim

O médio José Semedo, do Vitória de Setúbal, quer que os sadinos festejem no sábado, 35 anos depois, um êxito sobre o FC Porto no Estádio do Bonfim, na 5.ª jornada da I Liga de futebol.

Em alusão ao dia 06 de março de 1983, dia em que o Vitória de Setúbal venceu pela última vez na sua casa os dragões, por 3-1, o jogador revelou em conferência de imprensa o desejo de fazer história, dando a receita para surpreender o adversário.

“Com o apoio dos nossos adeptos vamos tentar atrapalhá-los e quebrar o jejum de 35 anos. Temos que estar no nosso melhor e não temer a grandeza deles. Vamos estar de igual para igual em campo e em superioridade numérica nas bancadas. Para conseguir travar o FC Porto é preciso estar num dia bom. Esperemos que sábado seja o nosso dia”, afirmou.

Recuperado de uma lesão num ligamento interno, José Semedo disse estar preparado para dar o seu contributo frente à “melhor equipa do campeonato”.

“Vamos ter um grande jogo no sábado contra, sem dúvida, a melhor equipa deste campeonato. Foi o ano passado e continua a sê-lo. São os favoritos a ganhar o campeonato”, acrescentou.

Instado a revelar quais os setores que mais atenção vão merecer por parte do Vitória de Setúbal, o médio frisaou a preponderância do coletivo dos dragões, comparando-o com o Benfica e Sporting.

“Creio que o FC Porto é diferente do Benfica e Sporting porque são um conjunto. É isso que o torna mais forte e imprevisível. No Sporting há o Nani e o Bruno Fernandes que estão, em termos de influência, acima do resto da equipa e, no Benfica, o Pizzi é o jogador que faz a diferença. No FC Porto são muitos a fazer a diferença em todas as posições”, referiu.

José Semedo, que ficou por lesão de fora do jogo de domingo da Taça da Liga em que a sua equipa empatou 3-3 com Nacional depois de estar a perder 3-0, aponta a atitude que o Vitória evidenciou nesse jogo como um ponto forte.

“Mostrámos com o Nacional que temos um espírito muito forte e conseguimos reagir às adversidades. Todos os anos dizem que o Vitória vai lutar para não descer, mas a verdade é que não desce. Esse facto demonstra a grandeza deste clube, a crença dos adeptos e os jogadores que lutam com garra até ao último minuto”.

À exceção do defesa Nuno Pinto (castigado) e do médio Mikel Agu (impedido de atuar por estar cedido pelos dragões), o treinador Lito Vidigal tem todo o plantel apto para defrontar o FC Porto.

O Vitória de Setúbal, 11.º classificado, com quatro pontos, e FC Porto, 4.º classificado, com nove pontos, jogam no sábado, pelas 21:00 horas, no Estádio do Bonfim, em Setúbal, em partida da 5.ª jornada da I Liga.

RIYP // RPM

By Impala News / Lusa


RELACIONADOS

Vitória Setúbal quer “quebrar jejum” de 35 anos sem vencer o FC Porto no Bonfim

O médio José Semedo, do Vitória de Setúbal, quer que os sadinos festejem no sábado, 35 anos depois, um êxito sobre o FC Porto no Estádio do Bonfim, na 5.ª jornada da I Liga de futebol.